Sérgio Conceição reclama de arbitragem e defende jogadores do Porto: "Foram fantásticos"
Sergio Conceição em Porto 0 a 2 Chelsea (UEFA / Divulgação)

O Porto teve um péssimo resultado nesta terça-feira (07). No jogo de ida das quartas de final da Champions League 2020/2021, mandando a partida no Ramón Sánchez Pizjuán por conta de restrições durante a pandemia do coronavírus, os tripeiros ficaram perderam por 2 a 0 para o Chelsea.

Técnico dos dragões, Sérgio Conceição defendeu a atuação da equipe - e atacou a arbitragem.

Na visão do treinador portista, a equipe teve uma grande atuação. "É verdade, o resultado é extremamente injusto mas o que conta são os gols que o Chelsea marcou e nós não marcamos. A equipe fez um jogo muito bom, sempre consistente em termos defensivos, atacando sempre com perigo, se resguardando quando tinha que se resguardar. Dentro do que foi planejado, os jogadores foram fantásticos. O primeiro remate do Chelsea foi gol. Não nos abatemos com esse gol e fomos à procura. A segunda parte foi praticamente a mesma coisa, pouco Chelsea a chegar ao último terço do campo, nós conseguimos algumas situações, mas sem conseguir marcar gols. Mas o que é importante é o resultado neste tipo de jogos", afirmou Sérgio Conceição.

O Porto foi mais incisivo na partida, de fato. Foram doze finalizações (contra seis dos Blues), sendo cinco certas (ante três dos ingleses). Na posse de bola, entretanto, vantagem do Chelsea: 61%.

Arbitragem

Se defendeu e elogiou os atletas do Porto, Sérgio Conceição ficou na bronca com Slavko Vincic. O árbitro esloveno foi citado pelo português como um dos "responsáveis" pela derrota.

O fato de ser uma equipe de um país com menos visibilidade, na visão do treinador, também atrapalhou a equipe lusa. "Somos a única equipa das quartas de final, penso que já éramos nos oitavos, que não pertence a uma das cinco maiores ligas da Europa e isso sente-se um bocadinho nestes tipos de jogos. Penso que há pênalti sobre o Marega, houve muitas faltas e não houve amarelos. Houve algumas situações que não me deixaram satisfeito", finalizou o treinador.

O Porto joga no sábado (10) diante do Tondela fora de casa pela Primeira Liga e depois, na terça-feira (13), joga novamente em Sevilha contra o Chelsea.

VAVEL Logo