Jordi Alba e Sérgio Busquets lamentam eliminação da Espanha na Eurocopa: "Fomos melhores"
Foto: Divulgação / Seleção Espanhola de Futebol

Nesta terça-feira (06), ItáliaEspanha fizeram a semifinal da Eurocopa no Estádio de Wembley, em Londres. Depois de empatar o jogo no tempo normal e na prorrogação em 1 a 1, a Espanha foi eliminada nos pênaltis por 4 a 2.

Para  o capitão da La Roja, Sérgio Busquets, o resultado final do jogo não refletiu o jogo em si. "É uma pena, queríamos que não acabasse hoje. Isso é futebol, o time tem estado muito bom. Fomos melhores, o nosso jogo prevaleceu, não merecíamos ficar atrás. Sinto muito orgulho por todos os meus companheiros, pelo grupo, pelo torneio que realizamos. É claro que deram a Itália como favorita, mas fomos superiores", analisou o número 5. 

Não foi só o primeiro capitão que teve essa análise. Jordi Alba, que foi o capitão durante a cobrança de pênaltis com a saída de Busquets na prorrogação, teve a mesma visão que seu companheiro de Barcelona. " Hoje é uma pena, jogamos de igual para igual com uma das melhores italianas de que me lembro. Merecemos mais um gol. Estou há nove ou 10 anos na seleção e não vejo o grupo assim há muito tempo. Isso o irrita porque você queria vencer, mas mais por causa da ilusão que você viu na concentração", afirmou o lateral-esquerdo. 

Apesar da tristeza por ser eliminado, Busquets reitera que o otimismo fala mais alto, principalmente com a chegada da Copa do Mundo em 2022. "É hora de ficar triste e orgulhoso ao mesmo tempo. O importante e o objetivo é o futuro, seja comigo ou não. Este é o caminho. Isso serve para ter uma experiência importante para a Copa do Mundo. Há um grande grupo e uma excelente equipe. Temos que olhar de uma forma geral e ter orgulho desta seleção", definiu o volante. 

VAVEL Logo