Evolução de Scaloni e liderança de Messi conduzem Argentina à final da Copa América
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Maior rivalidade do futebol mundial ganhará um novo capítulo neste sábado (10), no Maracanã. Depois de 14 anos, Brasil e Argentina se reencontram em uma final de Copa América.

A última vez que as duas seleções estiveram frente a frente na decisão da Copa América foi na edição de 2007. Na Venezuela, o Brasil superou a Argentina por 3 a 0, com gols de Júlio Baptista, Ayala (contra) e Daniel Alves, para conquistar a sua oitava Copa América. Mas como foi a campanha da Argentina na Copa América 2021 até aqui ?

Argentina 1-1 Chile

A Copa América começou no último dia 13 de junho. Na estreia, a Argentina ficou no empate diante do Chile. Na ocasião, Lionel Messi marcou um belo gol de falta no primeiro tempo, mas não foi o suficiente. Vargas, em rebote de pênalti desperdiçado por Vidal, deixou tudo igual.

Argentina 1-0 Uruguai

Na segunda rodada, a Argentina enfim conseguiu sair com a vitória, diante do Uruguai. A Seleção argentina contou com uma jogada de Messi e gol de Guido Rodríguez para sair vitorioso do confronto.

Argentina 1-0 Paraguai

Na terceira rodada a equipe de Lionel Scaloni venceu o Paraguai por 1 a 0. O gol da partida foi marcado por Papu Gómez, o suficiente para carimbar a vaga da Argentina nas quartas de final da Copa América.

Argentina 3-0 Equador

Nas quartas de final da Copa América, Messi deu show e a Argentina não tomou conhecimento, aplicando uma goleada de 3 a 0 diante do Equador. Os gols da partida foram marcados por Rodrigo de Paul e Lautaro Martínez.

Argentina 1-1 Colômbia (3-2 nos pênaltis)

No jogo da semifinal o que não faltou foi emoção! Lautaro Martínez e Luis Díaz fizeram os gols no tempo regulamentar. Nos pênaltis e com brilho de Emiliano Martínez, a Argentina venceu a Colômbia por 3 a 2. Nas penalidades, o goleiro albiceleste defendeu três cobranças. 

VAVEL Logo