Donnarumma brilha nos pênaltis, Itália bate Inglaterra em Wembley e é campeã da Eurocopa 2020
Foto: Divulgação/Itália

Coming home? It’s coming to Rome! A Itália bateu a Inglaterra nos pênaltis em Wembley, o templo do futebol inglês, no último domingo (11). No tempo normal e prorrogações a partida terminou em 1 a 1, com gols de Shaw e Bonucci. Nos pênaltis Donnaruma pegou dois e a Itália levantou a taça da Eurocopa pela segunda vez!

Estatégias

A Itália de Mancini entrou em campo com a já conhecida formação 4-3-3 muito utilizada pela equipe. Na linha de defesa Émerson iniciou jogando pela esquerda, com Di Lorenzo na direita e Bonucci e Chiellini pelo meio. A novidade no meio de campo ficou por conta de Verratti, ao lado de Jorginho e Barella, colocando Locatelli no banco de reservas. Já o ataque tinha Chiesa pela direita, Insigne pela esquerda e Immobile no meio, com velocidade e chegada na frente.

Já a Inglaterra de Southgate tinha a sua 3-4-2-1 já conhecida, com a linha de defesa com Walker, um lateral/zagueiro que dava mais apoio pelo lado, Stones e Maguire. No meio Trippier era o ala pela direita, Shaw pela esquerda, com a força de Rice e Phillips no meio. Na linha antes do camisa nove Kane, estavam Sterling e Mount: velocidade e controle de jogo para manter a posse contra a forte defesa italiana.

Jogo equilibrado!

E com dois minutos de jogo, na primeira chegada, Trippier dominou a bola, teve tempo para cruzar e achou Shaw na esquerda, que chegou batendo forte, ainda triscando a trave direita de Donnarumma, que nada pode fazer. Já estava aberto o placar!

A comemoração do gol de Shaw (Foto: Eurocopa)
A comemoração do gol de Shaw (Foto: Eurocopa)

Após isso a Itália sentiu o gol e ficou baqueada, mas a Inglaterra pouco fez para conseguir ampliar o placar. Com isso a Itália se recuperou e passou a ter mais a bola - aos 30 a posse chegou em 55% para os italianos - mas também não chegava.

Mas aos 36 Chiesa arrancou, até foi acertado, mas seguiu de pé e bateu forte de fora da área, com a bola passando raspando pela trave esquerda de Pickford. Aos 48 Bonucci bateu forte de fora da área e mandou por cima do gol, sem perigo.

A primeira chance da segunda etapa foi aos cinco, em uma falta na meia lua, que Insigne bateu forte, mas para fora pelo lado esquerdo. Aos 11 a Itália chegou mais uma vez, com Chiesa descendo pela esquerda e achando Insigne na área, que finalizou em cima do goleiro Pickford.

Com 16 Chiesa colocou a bola embaixo do braço mais uma vez, passou por vários defensores e bateu forte, no canto esquerdo de Pickford, que espalmou a bola e salvou a Inglaterra do empate. Dois minutos depois a Inglaterra respondeu em uma cabeçada de Stones, Donnarumma colocou a bola por cima do gol.

E aos 23, em um escanteio vindo da direita, a bola foi desviada na primeira trave, Verratti cabeceou e Pickford defendeu, mas a bola ficou na pequena área e Bonucci chutou forte, para o fundo do gol!

A comemoração do gol de Bonucci (Foto: Itália)
A comemoração do gol de Bonucci (Foto: Itália)

Aos 25, em um lançamento longo Berardi pegou no alto, na cara do gol, mas mandou por cima do gol de Pickford. E assim terminou a partida, com poucas chances e pressão italiana.

Prorrogação e penalidades em Wembley!

Na prorrogação primeira etapa da prorrogação a primeira chance foi de Phillips, que bateu forte de fora da área e mandou pelo lado direito de Donnarumma. Na segunda etapa, logo com um minuto, Bernardeschi bateu uma falta de longe e Pickford, em dois tempos, ficou com ela.

Nessas poucas chances a partida acabou em 1 a 1, indo para os pênaltis!

Berardi abriu as cobranças na grande final. Ele bateu firme e calmo, no canto direito, com Pickford saindo para o esquerdo. Kane foi quem abriu para a Inglaterra, batendo no mesmo canto de Berardi, mas Donnarumma acertou o canto, mas ainda sim não chegou na bola. Bellotti bateu a segunda para a Itália, mandando no canto esquerdo, com Pickford voando no canto certo e espalmando para longe! Maguire foi para a segunda cobrança inglesa, mandando no alto, na esquerda, sem chance para Donnarumma, que saiu para a direita! 2x1 para a Inglaterra!

Bonucci bateu o terceiro da Itália e colocou no fundo das redes, no alto do canto direito, com Pickford quase pegando ela. Rashford, que entrou no final da prorrogação, bateu a terceira inglesa e acertou a trave direita, com o goleiro indo para o outro canto. Estavam empatadas as cobranças em 2x2!

Na quarta italiana Bernardeschi foi pra bola e bateu seguro, no meio, com Pickford saindo pra direita, sem chances. Sancho, outro que entrou no final, foi a quarta inglesa, batendo no canto esquerdo, onde Donnarumma voou para buscar a bola! 3x2 e a Itália virava!

Jorginho bateu a quinta da Itália e mandou no canto direito daquele jeito que apenas ele faz, onde Pickford foi na bola e espalmou ela, que bateu na trave e voltou nas mãos do goleiro. Saka foi para a última da Inglaterra e mandou no canto esquerdo, mas Donnarumma foi no canto certo, espalmou e deu o título para a Itália!

Campiones!

A Itália agora conquista sua segunda Eurocopa na história. A primeira foi em 1968, quando encarou a Iugoslávia e venceu, empatando o primeiro jogo em 1 a 1 e o segundo vencendo por 2 a 0.

A Inglaterra segue sem vencer Eurocopas em sua história, tendo chegado a apenas uma final, justamente a de hoje.

VAVEL Logo