Harry Kane não se reapresenta e expõe de vez o desejo de sair do Tottenham
Foto: Divulgação Tottenham Hotspur FC

Na manhã desta segunda-feira (2), os rumores da imprensa inglesa se concretizaram. Após indicar por vezes sua vontade de sair do Tottenham Hotspur, Harry Kane não se reapresentou ao clube para se juntar aos colegas de time e participar da pré-temporada. Até o momento os Spurs ainda não se manifestaram sobre o caso.

De acordo com o cronograma do clube, Kane deveria ir para o Centro de Treinamento e fazer sua testagem para COVID-19. Setoristas como o jornalista Alasdair Gold, da Football London e Fabrizio Romano, da Sky Sports, trouxeram a informação de que o jogador se ausentou e está cortado dos exames médicos por hora.

Em suas redes sociais, Romano diz que Harry Kane vê como bons olhos um acordo de cavalheiros com Daniel Levy, presidente do clube. Levy publicamente já disse que não tem a intenção de vender seu melhor jogador, colocando-o como "inegociável". Apesar disso, o atacante quer mais competitividade tendo em vista a ausência de títulos no currículo e a brecha dada por Agüero, recém saído dos Citizens.

De saída

Antes da Eurocopa, Kane já estaria insatisfeito no Tottenham. De fora das duas últimas Champions League, o jogador se afastou da briga dos melhores do mundo, ainda que seus números colocassem entre os mais populares da lista.

Tendo conhecimento do desejo de Pep Guardiola em contar com seu serviço, seu agente trabalha para convencer os Spurs a venderem o jogador.

Desde quando Harry Kane pediu para ser negociado, ao menos duas propostas do Manchester City foram recusadas. Nenhuma chegou perto dos 150 milhões de libras, valor este, visto pela imprensa, como a taxa convincente para o negócio. 

Portanto no decorrer do dia, é estimado que mais atualizações ocorram. Publicamente não há explicação para a ausência de Kane para hoje.

VAVEL Logo