Moise Kean decide, Juventus vence clássico contra Roma e conquista quarta vitória seguida
Divulgação/Juventus

A Juventus segue sua campanha de recuperação no calcio ao obter a quarta vitória consecutiva nos últimos quatro jogos disputados na Serie A. Em jogo válido pela oitava rodada da competição nacional, a equipe bianconera enfrentou a Roma no Allianz Stadium, em Turim/ITA, no domingo (17). A partida foi marcada pela forte disputa e momentos eletrizantes característico de um clássico disputado entre duas das maiores equipes da Itália. Ao fim de tudo, os donos da casa venceram por 1 a 0, com gol marcado por Moise Kean.

A partida começou bastante faltosa. Com o tempo, a Roma levou perigo primeiro e desconsiderou o fato de jogar fora de casa. Pellegrini cobrou falta da direita com cruzamento na área, Mancini testou na segunda trave, Szczęsny espalmou e o zagueiro brasileiro Roger Ibañez mandou o rebote para fora. Pellegrini e Zaniolo tiveram chances em seguida, mas a defesa bloqueou ambas as tentativas. Na primeira chegada da Juventus, a equipe foi eficiente e abriu o placar. Aos 16 minutos, Cuadrado inverteu o jogo para Mattia de Sciglio na esquerda. O lateral dominou e cruzou na área para Moise Kean cabecear entre os zagueiros e colocar a Velha Senhora na frente do marcador.

Apesar da vantagem, a Juve encontrava bastante dificuldade para chegar ao ataque. Por outro lado, os giallorossi pressionavam mais em busca do empate, ainda que não chegassem tanto à meta adversária. El Shaarawy recebeu de Veretout e arriscou de fora da área, mas Szczęsny defendeu no meio do gol. Na segunda tentativa, Viña cruzou, Abraham desviou de cabeça e o arqueiro polonês defendeu de novo. No fim do primeiro tempo, o lance polêmico. Abraham fez jogada individual dentro da área e foi desarmado por Danilo. Mkhitaryan ficou com a sobra e foi derrubado por Szczęsny. A arbitragem logo marcou pênalti, o que anulou a sequência do lance, que Abraham dominou e balançou as redes. Na cobrança aos 44 minutos, Veretout bateu rasteiro, Szczęsny espalmou e Mancini chutou o rebote para fora.

Divulgação/Juventus FC
Divulgação/Juventus FC

A disputa ficou mais acirrada no segundo tempo. Aos três minutos, após cruzamento feito por Mattia de Sciglio, Bernardeschi finalizou de bicicleta no meio da área e Rui Patrício defendeu o chute e o rebote de Moise Kean. Bernardeschi queria deixar sua marca no clássico e tentou chute rasteiro de longa distância, mas a bola não entrou por muito pouco. Na sequência, a Roma respondeu com chute de Veretout tão perigoso quanto; também assustou. Quanto mais a partida rumava ao final, mais os capitolinos pressionavam em busca da igualdade. Matías Viña teve a chance após tabelar com Pellegrini, fazer linda jogada individual dentro da área e finalizar, mas Chiellini atrapalhou. Em seguida, Abraham cruzou rasteiro da direita, Chiellini fez o corte parcial e Cristante arriscou de fora da área. A bola desviou em Bonucci e passou perto. Nos últimos minutos, o clássico ficou muito faltoso, a Juventus se defendeu como pôde e neutralizou as chegadas romanistas, vindas principalmente pelo jogo aéreo.

Com o resultado, os bianconeri subiram ao sétimo lugar, com 14 pontos, enquanto os giallorossi estacionaram na quarta colocação, com 15 pontos somados. As duas equipes terão compromissos em competições internacionais durante a semana. A Velha Senhora vai enfrentar o Zenit na Gazprom Arena, em São Petersburgo/RUS, às 16 horas da próxima quarta-feira (20), pela terceira rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. Também pela terceira rodada, mas em jogo válido pela Uefa Europa Conference League, a Loba vai encarar o Bodø/Glimt no Aspmyra Stadion, em Bodø/NOR, às 13h45 da quinta-feira (21).

Os dois times voltam a jogar pelo Campeonato Italiano no próximo domingo (24). A Roma enfrenta o Napoli às 13 horas no Derby del Sole a ser disputado no Estádio Olímpico,, em Roma/ITA. Um pouco mais tarde, às 15h45, a Juventus vai encarar a Internazionale no Derby D’Italia programado para o Allianz Stadium, em Turim/ITA.

VAVEL Logo