PSG vence Saint-Étienne com lesão de Neymar, e Marquinhos e Messi decisivos
Foto: Divulgação / Ligue 1

A lesão da estrela brasileira, que rodou o mundo, obviamente preocupa o Paris Saint-Germain. Mas, neste domingo (28), a equipe não precisou de muito para vencer o Saint-Étienne, no Geoffroy-Guichard, por 3 a 1. A peleja foi válida pela 15ª rodada da Ligue 1 (Campeonato Francês) 2021-22.

No 4-2-3-1 de Mauricio Pochettino,Paris Saint-Germain FC levou a melhor em todas as estatísticas da partida: 71% da posse de bola e quinze finalizações (contra oito dos adversários) - sendo oito certas. Também no 4-2-3-1 e comandado por Claude Puel, o AS Saint-Étienne acertou quatro chutes em direção ao gol.

Além da lesão

Logo aos cinco minutos, Neymar recebeu de Lionel Messi e finalizou no canto direito da meta do Saint-Étienne, mas o tento do Paris Saint-Germain foi anulado por impedimento. Nada que tirasse o ímpeto do PSG: Idrissa Gueye acionou Kylian Mbappé no comando do ataque, mas a finalização, no canto esquerdo, foi muito bem defendida por Etienne Green, goleiro dos Verts, no Chaudron.

A surpresa veio aos 23 minutos: Denis Bouanga adentrou a área pelo lado direito e aproveitou rebote para inaugurar o marcador - confirmado pelo VAR. Aos 41, nova boa chance para os Parisiens: Kylian Mbappe recebeu na área e finalizou duas vezes, para o arqueiro adversário fazer grande defesa. Aos 45, Timothee Kolodziejczak derrubou Mbappé com força e foi expulso de campo.

O castigo veio à galope: segundos depois, Messi cobrou falta na área e Marquinhos cabeceou no lado direito para empatar a peleja contra os Sainté. Com quinze minutos da segunda etapa, Mbappé finalizou rebote mal afastado pela zaga mandante e mandou muito à direita. Com 24, quem aproveitou o rebote foi Messi, que também chutou à direita do gol dos Stéphanois.

Aos 32, Mbappé tentou cavar pênalti após choque com Mickael Nade, mas o árbitro não caiu na dele. Sem problemas: dois minutos depois, Messi serviu Ángel di María, que, já dentro da área, chutou no canto esquerdo para virar a peleja a favor dos Rouge-et-Bleu. A já famigerada contusão de Neymar aconteceu aos 43, após chegada forte de Yvann Maçon:

Aos 46 minutos da segunda etapa, Messi serviu a terceira assistência dele na peleja contra o ASSE: Marquinhos alçou bola na área e Marquinhos, de novo, finalizou no canto esquerdo para dar números finais à vitória do Paris.

Próximos jogos

Na 16ª rodada da Ligue 1 (Campeonato Francês) 2021-22, o Saint-Étienne viaja para enfrentar o Brest, na próxima quarta-feira (01), às 15h (Horário de Brasília), mesmo dia em que o Paris Saint-Germain recebe o Nice às 17h.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo