À imprensa italiana, Ibrahimovic novamente ataca Lukaku: "tenho dúvidas se não me amaldiçoou"
Foto: Divulgação redes sociais

A polêmica entre Zlatan Ibrahimovic e Romelu Lukaku ganha novos capítulos, mesmo depois do belga sair da Internazionale e voltar ao Chelsea. Desta vez, o jogador do Milan foi ao Corriere della Serra abrir o jogo sobre sua opinião a respeito das consequências ao falar da mãe do adversário e provocá-la ao mandar fazer mais rituais de vodu.

Tudo isso é fruto de rumores particulares sobre a família do atacante do Chelsea. Durante sua saída do Everton, em 2018, o proprietário dos Toffees - Farhad Moshiri - o acusou de recusar um contrato milionário após uma excursão do jogador na África, onde teria tomado a decisão depois de um ritual de vodu.

Durante a Copa da Itália neste ano, Milan e Internazionale se reencontraram em jogo das quartas-de-final. No derby, uma confusão entre Ibrahimovic e Lukaku, ofensas dos dois ocasionou em um princípio de briga, onde o sueco teria atacado a mãe do belga, com a orientação para ela fazer mais rituais, o que enfureceu o rival.

Confissão

À imprensa italiana, Ibrahimovic voltou a tocar no assunto e admitiu pedir para seus amigos rezarem por ele, após acreditar que sua má fase veio por conta do vodu. "Tenho uma terrível dúvida. Perdemos aquele derby, fui expulso, logo depois me machuquei. Você vai ver, será que os rituais de Lukaku realmente me pegou? Pedi aos meus amigos crentes que rezassem por mim".

"Eu intervi para ajudar meus companheiros que debatiam com ele. Fiquei surpreso que jogamos juntos em Manchester e ele me atacou, então falei 'vá fazer seus rituais de vodu', seu burro". Mas tenho que acertar as contas com ele em breve, quero revê-lo", afirma.

Desde então os caminhos de ambos se distanciaram. Lukaku voltou para o Chelsea e está garantido na Copa do Mundo com a Bélgica. Já Ibra, precisará passar pela repescagem e segue no Milan, com problemas físicos.

VAVEL Logo