Por problemas cardíacos, Agüero anuncia aposentadoria em meio às lágrimas
Foto: Barcelona

Despedidas nunca são fáceis, por vezes dolorosas. Emocionado, o atacante do Barcelona Sergio “Kun” Agüero anunciou sua aposentadoria como jogador profissional devido a problemas cardíacos, em coletiva realizada no Camp Nou, que contava com as presenças do presidente Joan Laporta, elenco e comissão técnica do clube, representantes do Atlético de Madrid, Independiente e Manchester City, como o técnico Pep Guardiola.

"Essa coletiva é para comunicar que estou parando de jogar futebol profissional. São momentos muito difíceis, mas ainda estou muito feliz com a decisão que tomei. Em primeiro lugar está a minha saúde por causa do problema que tive há um mês".

Aos 33 anos, o argentino sofreu uma arritmia cardíaca durante a partida contra o Alavés, no dia 30 de outubro, pela 12ª rodada de LaLiga, e precisou ser substituído aos 40 do primeiro tempo. Ele iria ficar afastado por três meses, mas achou melhor encerrar a carreira antes do esperado.

"Eu estava nas mãos dos médicos e eles me disseram que o melhor era parar de jogar. Tomei a decisão há 10 dias. Fiz todo o possível para ver se havia esperança, mas não havia muita. Sempre sonhei que jogava futebol desde os 5 anos quando toquei numa bola e o meu sonho era jogar na Primeira Divisão (argentina) e nunca pensei em chegar à Europa. Graças ao Independiente, fui treinado lá, ao Atlético que apostou em mim quando tinha 18 anos, ao Manchester City, que sabem o que sinto por eles, deixei o melhor lá e me trataram muito bem e ao pessoal do Barça. E também a seleção argentina, meu amor maior".

Agüero com os representantes dos clubes em que jogou (Foto: Barcelona)
Agüero com os representantes dos clubes em que jogou (Foto: Barcelona)

Durante a cerimônia de despedida, foi mostrado um vídeo com alguns do ex-atacante. Apesar de tudo, Agüero vê como positivo ter descoberto o problema cardíaco a tempo e vai ser feliz fora do futebol.

“Isso aconteceu comigo agora porque as coisas acontecem para alguma coisa e é positivo porque estou aqui contando. Mas, sim, é algo positivo que eles tenham detectado esse problema agora. Tentar ser feliz fora do futebol e ser capaz de aproveitar todos os momentos que os jogadores de futebol sabem que sentem saudades de muitos momentos. Não é fácil ser atleta: treinar, jogar, viajar todos os dias. Os jogadores devem ser muito respeitados. Vou continuar ligado ao futebol e serei capaz de aproveitar mais a vida”.

Carreira

Revelado pelo Independiente, da Argentina, estreou como profissional aos 15 anos, tornando-se o jogador mais jovem a disputar uma partida pelo Campeonato Argentino. Em 2006-07, assinou contrato com o Atlético de Madrid. No seu segundo ano, levou os Colchoneros a Champions League após 12 anos. Com a saída de Fernando Torres, virou ídolo e conquistou o título da Europa League, seu primeiro título na temporada 2009-10, e posteriormente a SuperCopa da Uefa.

No entanto, o auge da sua carreira ocorreu com a camisa do Manchester City. Maior artilheiro da história do clube, com 257 gols em 384 jogos, conquistou cinco títulos da Premier League, seis Copas da Liga Inglesa, três Supercopas da Inglaterra e um da Copa da Inglaterra, marcando 12 hat-trick. Ele ganhará uma estátua na frente do Etihad Stadium.

Depois de uma década na terra da rainha, Agüero transferiu-se para o Barcelona, em 2021, para disputar duas temporadas. A estreia demorou por conta de uma lesão, mas disputou cinco jogos e marcou um gol. 

Já com a seleção argentina, faturou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, e foi campeão da Copa América de 2021, disputada no Brasil devido aos problemas de Covid-19 na Colômbia e Argentina, onde seria disputada. São 42 gols em 101 partidas com a Albiceleste, é o terceiro maior artilheiro da equipe, atrás de Lionel Messi e Gabriel Batistuta.

Números

O atacante argentino encerra sua carreira no futebol, com 427 gols marcados em 785 jogos oficiais.

Gols

Independiente: 23

Atlético de Madrid: 101

Manchester City: 260

Barcelona: 1

Seleção Argentina: 42

Títulos

Atlético de Madrid: Europa League (2009-10) e Supercopa da UEFA  (2010)

Manchester City: Premier League (2011–12, 2013–14, 2017–18, 2018–19, 2020–21), Copa da Inglaterra (2018–19), Copa da Liga Inglesa: (2013–14, 2015–16, 2017–18, 2018–19, 2019–20, 2020–21) e Supercopa da Inglaterra: 2012, 2018, 2019

Seleção Argentina: Medalha de Ouro nas Olimpíadas de Pequim (2008) e Copa América (2021).

VAVEL Logo