Barcelona falha nas finalizações, mas busca empate contra Napoli
Foto:  Uefa Europa League

Os mais de 73 mil torcedores no Camp Nou presenciaram a volta do Barcelona na Europa League depois de 18 anos, quando a competição ainda era chamada de Copa da Uefa. O Napoli saiu na frente em erro de marcação de Mingueza com Zielinski. Os Culés pressionaram, finalizaram 21 vezes, sendo cinco no gol, além de perder inúmeras chances e conseguiram o empate de 1 a 1 veio através de Ferrán Torres, de pênalti, que inclusive teve três oportunidades.

Não faz? Vem o castigo

Como bem disse Xavi, a competição é uma das prioridades do time catalão, que começou entregando a bola para o adversário, mas sabia pressionar quando necessário. Aubameyang apertou Di Lorenzo, ganhou a posse e tocou para Ferrán Torres, que acionou Pedri  na entrada da área. O camisa 16 chutou forte, mas por cima do gol. Já Nico calibrou bem para acertar o alvo. Rrahmani mal, o meia dominou e tirou de Juan Jesus e bateu cruzado. Meret fechou bem na primeira trave e fez boa defesa.

A escaparia para os Azzurri foram os contra-ataques, principalmente no lado de Mingueza. Zielinski lançou nas costas do zagueiro, Osimhen invadiu a área em velocidade e bateu rasteiro. Ter Stegen salvou com o pé. E os Culés, ainda, tiveram uma perda de gol incrível. Ferrán recebe de Aubameyang livre, na cara do gol, e acaba isolando.

Como a máxima expressão diz: quem não faz, leva. Assim se sucedeu. Logo em seguida, Elmas deixou Alba no chão, rolou para Zielinski. O camisa 20 emendou com a canhota. O goleiro espalmou, mas ele aproveitou o rebote para balançar as redes.

Empate amargo

Para reverter o placar, o Barça montou uma blitz no campo defensivo dos napolitanos. Após falhar nas finalizações, um cruzamento ajudou na busca pela igualdade. Adama Traoré cruzou da direita e a bola bateu na mão de Juan Jesus. O VAR acionou o árbitro, que confirmou o pênalti. Ferrán Torres converteu no canto direito, enquanto o goleiro nem saiu para foto, imobilizado no meio da baliza. 

Na reta final, Dest cruzou na medida para Luuk de Jong emenda de bicicleta, mas a bola saiu à direita do gol. O centroavante ainda tentou uma assistência para Ferrán. No entanto, não era dia do jovem atacante, que mandou por cima do travessão.

Próximos jogos

Os times voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (24), às 17h (de Brasília), no estádio Diego Armando Maradona, na Itália. Quem vencer, avança. Empate leva para a prorrogação.

VAVEL Logo