Hertha Berlin inicia nova era sob comando de Felix Magath com vitória sobre  Hoffenheim
Foto: Hertha BSC/ Divulgação

Parecia questão de tempo até que Tayfun Korkut fosse desligado de suas atividades como treinador da “Alte Dame”. O destino do, agora, ex-técnico do Hertha Berlin, fora selado na partida contra o Borussia Mönchengladbach, após a derrota por 2 a 0.

Este fora o último resultado adverso em uma série de dez partidas sem vencer e cinco derrotas consecutivas. Como resultado, o time da capital se encontrava na 17ª posição com apenas oito jogos restantes.

Como alternativa para tentar evitar a briga pelo rebaixamento, a diretoria promoveu uma rápida troca no comando da equipe. No entanto, Fred Bobic trouxe um nome um tanto quanto inesperado para assumir o clube. Felix Magath, uma lenda no futebol alemão, não comandava um time da Bundesliga desde 2012.

Sua passagem pelo Fulham fora marcada por resultados ruins e polêmicas extracampo envolvendo seus próprios jogadores. Magath não tardou e fora demitido do clube inglês sem deixar saudades à torcida. Posteriormente, assumiu o Shandong Luneng, em 2016, e evitou o rebaixamento do clube, porém a direção optou por não prolongar o contrato.

Magath possui uma grande história na liga alemã. O treinador, de 68 anos, liderou o Bayern de Munique a vencer a liga e DFB-Pokal, no mesmo ano e, por duas vezes consecutivas. O “durão”, como é comumente chamado por seus métodos de treino, também liderou o Wolfsburg ao título da Bundesliga em 2009.

O técnico também adquiriu fama por salvar equipes do rebaixamento no início de sua carreira, proporcionando a Nürnberg, Eintracht Frankfurt, e VfB Stuttgart a capacidade de escaparem da zona da degola.

É neste contexto, que o Hertha Berlin busca se apegar ao treinador, na expectativa de que Magath consiga alavancar o desempenho do elenco e tranquilizar o torcedor quanto as chances de jogar a 2. Bundesliga.

Hertha Berlin surpreende e goleia Hoffenheim

Neste sábado (19), o Hertha Berlin recebeu o Hoffenheim, no Estádio Olímpico de Berlim, pela 27ª rodada da Bundesliga. A Velha Senhora não poupou esforços para vencer a partida por 3 a 0, na estreia de Felix Magath que não pôde estar à beira do gramado.

Do outro lado, a equipe de Sinsheim chegara com confiança e como franco favorita. Os Die Kraichgauer empataram com o Bayern de Munique, por 1 a 1, na rodada anterior e alimentaram esperanças para subir na tabela e se confortar na zona de classificação para a Liga dos Campeões.

O Hertha Berlin era a única equipe a não conquistar uma vitória sequer no segundo turno da Bundesliga. Foram apenas dois pontos em nove jogos desde a virada do ano.

A vitória, porém, quebrou o retrospecto negativo da equipe, como também, desmantelou a invencibilidade do Hoffenheim, que já perdurava por cinco partidas.

A Velha Senhora iniciou a partida de forma disciplinada e ofensiva. Logo aos oito minutos, Richter perdeu uma chance clara de abrir o placar. Aos 18 minutos, Belfodil não conseguiu um bom aproveitamento na finalização mesmo em pouca distância.

Os Kraichgauer melhoraram a partir dos 25 minutos da primeira etapa, e tiveram uma oportunidade clara de gol por Brunn Larsen que perdeu cara a cara com o goleiro Schwolow.

Antes mesmo do intervalo, os donos da casa foram recompensados com um gol aos 39 minutos. Niklas Stark cabeceou para o fundo das redes após cruzamento de Plattenhardt.

Na segunda etapa, o Hoffenheim também tentou chegar ao tento, mas não obteve sucesso. O Hertha Berlin manteve sua solidez defensiva e diminuiu os espações disponíveis para o Hoffe que não conseguiu penetrar e cedeu a bola para a equipe da capital trabalhar com tranquilidade.

Com a bola nos pés, os donos da casa puderam avançar com mais facilidade e, viriam a marcar o segundo gol, também de cabeça, após Kempf passar para Belfodil estufar as redes aos 63 minutos.

Fechando a conta, Lucas Tousart recebeu passe de Boyata, invadiu a grande área e chutou no canto esquerdo de Baumann, a bola ainda resvalou na trave antes de entrar.

Classificação e próximos jogos

Com o resultado, o Hoffenheim deixa a zona de classificação para a Liga dos Campeões e desce para a sexta colocação, com 44 pontos. Do contrário, o Hertha Berlin pôde respirar na tabela e a vitória proporcionou a saída da zona de rebaixamento. Na 16ª posição, a Velha Senhora entra na zona de playoffs com 26 pontos e acende a esperança de evitar a queda.

A próxima partida do Hoffenheim acontece no dia 2 de abril, contra o Bochum, na PreZero Arena, às 10h30, pela 28ª rodada da Bundesliga.

Já o Hertha Berlin enfrenta o Bayer Leverkusen, também no dia 2 de abril, na BayArena, às 10h30, pela 28ª rodada da Bundesliga.

VAVEL Logo