Arsenal derrota Aston Villa e fica mais perto da Champions
Divulgação / Arsenal

O Arsenal venceu o Aston Villa por 1 a 0 no Estádio Villa Park e se consolida cada vez mais na vaga dos quatros primeiros que estarão na Champions League da próxima temporada. Em jogo complicado, Saka marcou na primeira etapa e os Gunners seguraram a pressão dos Lions durante toda a partida e no minuto final o goleiro Lennon assegurou a vitória em uma cobrança de falta do brasileiro Coutinho.

Com o resultado, o time londrino se mantém na quarta posição com 54 pontos conquistados, já a equipe de Birmingham é a nona colocada e está no meio da tabela com 36 pontos.

Saka decide e garante a vitória do Arsenal

A partida começou com o Arsenal partindo para cima dos donos da casa. Mais presente no campo de ataque, o Arsenal teve duas chances para marcar logo no início. A primeira foi logo aos dois minutos, Odegaard recebeu um cruzamento na área e ajeitou na medida para Rowe que de frente para a meta mandou longe. Aos 10' quase um gol contra, Saka pela direita cruzou para área, White mandou para o próprio patrimônio e o goleiro Martínez teve que se virar mandando para escanteio.

Aos 17' Odegaard perdeu um gol incrível, em ótima trama pela direita, Saka tabelou com o Soares e ele tocou para o Norueguês que de frente para as redes conseguiu perder. Mas aos 30' não teve jeito, Cedric cruzou para o Xhaka que ajeitou de cabeça, a defesa se atrapalhou e a bola sobrou para o Saka que emendou de esquerda para o fundo das redes, 1 a 0. O Arsenal administrou o resultado e foi para o intervalo na frente do placar. 

Aston Villa pressiona, mas o Arsenal se segura e sai de campo vitorioso

O começo da segunda etapa foi do mesmo jeito da primeira, com o Arsenal pressionando desde o início, já o Aston Villa não conseguia sair do campo de defesa. Logo aos 2', Smith Rowe pegou a sobra e arriscou, o goleiro encaixou. Três minutos depois Odergaard partiu do meio e tabelou com o Saka, na meia lua ele bateu, a bola desviu na defesa e passou com perigo. 

O Aston Villa acordou por volta dos 15 minutos, Douglas Luiz fez um ótimo lançamento para o Watinks pela esquerda, o centroavante tentou chutar, a defesa bloqueou e a bola sobrou para o McGinn, ele chutou colocado raspando a trave. Os Lions continuavam na pressão e conseguiram uma bola na trave aos 22', Watkins recebeu na direita. pedalou em cima da marcação e chutou no cantinho, a bola desviou na defesa e bateu no poste direito.

O Arsenal suportou a pressão e administrou o placar até os acréscimos, quando no último minuto o goleiro Leno salvou o que seria o gol de empate do Villa. Em cobrança de falta de Philippe Coutinho pela esquerda, o brasileiro chutou colocado no canto direito e o goleiro espalmou, salvando a pele do time. Só deu tempo para o arbitro terminar a partida e os Gunners comemorarem mais uma vitória, com isso ficando mais perto da Champions que não disputam há cinco anos.​​​​​​

VAVEL Logo