Com direito a golaço de Di María, Argentina vence Venezuela em Buenos Aires
Foto: Divulgação / AFA

Cada vez mais azeitada enquanto equipe, a Argentina passeou na 17ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo 2022. No Monumental de Nuñez, a equipe fez fáceis 3 a 0 na Venezuela e seguiu em grande fase na competição.

No 4-2-3-1 de Lionel Scaloni, a Seleção Argentina levou vantagem em todas as estatísticas da partida: 73% da posse de bola e 16 finalizações (contra três dos adversários) - sendo seis certas. No 5-3-2 de José Pekerman, a Seleção Venezuelana acertou um único chute e direção ao gol.

Passeio argentino

Com 31 minutos, Lionel Messi arriscou de longe e os atletas da Albiceleste reclamaram que a bola bateu no braço de Nahuel Ferraresi. Após checagem do VAR, o árbitro não marcou a penalidade máxima. Três minutos depois, entretanto, Rodrigo de Paul desceu pela direita e serviu Nicolas González, no mesmo lado, chutando no canto direito para inaugurar o marcador - após nova checagem do árbitro de vídeo. Com 40, a Vinotinto tentou reagir: Yangel Herrera cruzou da esquerda e Josef Martínez finalizou à esquerda da meta de Franco Armani.

Com oito minutos da segunda etapa, Messi cobrou falta do lado direito e o arqueiro venezuelano defendeu no meio do gol. Segundos depois, nova assistência de Herrera para Martínez, que cabeceou longe da meta da Albiceleste. Com 16, Leandro Paredes cruzou da esquerda e Alexis Mac Allister chutou à direita. Aos 34, o segundo: de Paul acionou Ángel di María na direita e, com lindo toque, o Fideo encobriu o arqueiro visitante para anotar o segundo. Três minutos depois, o próprio di María desceu pela direita e acionou Messi na faixa central, no canto direito, encerrando a conta.

Próximos jogos

Na última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, a Argentina viaja para enfrentar o Equador, enquanto a Venezuela recebe a Colômbia. As duas partidas acontecem na próxima terça-feira (29), às 20h30 (Horário de Brasília).

VAVEL Logo