Barcelona reage e vira contra Levante fora de casa
Foto: Divulgação/Barcelona

Ciutat de Valencia recebeu um jogão entre Levante e Barcelona. Com direito a três pênaltis e banco de reservas mudando o panorama na reta final, os Culés derrotaram os Gronotes por 3 a 2, pela 32ª rodada de LaLiga.

Granotes melhores em sua estratégia

Apesar de estar virtualmente rebaixado, os Granotes não se intimidaram com o adversário e criaram boas oportunidades no início. Daniel Alves errou a saída de passe antes do cronômetro marcar um, entregou nos pés de Morales, que dominou e mandou para fora. Com a marcação adiantada, chegou novamente em lançamento. Morales recebeu na esquerda, entregou para Campaña. Ele finalizou da entrada da área. Ter Stegen caiu no canto para defender.

O Barça rodava a bola de pé em pé, contudo, se precipitava em algumas inversões. Como não conseguia encontrar espaços, Ter Stegen contribuiu para quebrar a linha de marcação. O goleiro fez ligação direta com Ferran Torres. O atacante saiu de frente ao gol e bateu cruzado, Cárdenas segurou firme.

Aos 25, Morales fez boa jogada, se livrou de Busquets e Araújo, e tocou  por cobertura, mas Ter Stegen conseguiu desviar. Eric García rebate em cima da linha.

O Barcelona até voltou melhor para o segundo tempo. Pressionando a meta do mandante, De Jong ficou cercado na área, rolou para Dembélé cruzar. Ferran Torres subiu bem e cabeceou no chão. Cárdenas salvou em dois tempos.

Foto: Divulgação/Barcelona
Foto: Divulgação/Barcelona

Banco salvador em meio de três pênaltis

Daniel Alves, novamente, errou no início. Son se posicionou para receber dentro da área. O lateral impediu a passagem com o braço. Arbitragem assinalou pênalti. Morales deslocou Ter Stegen e converteu no canto direito. Aos 55, outro pênalti a favor do Levante. Após cobrança de escanteio, Roger Martí cabeceou e a bola atingiu o braço de Eric García. O próprio atacante se responsabilizou por bater, mas chutou muito mal e entregou o lado. Ter Stegen evitou a ampliação.

Perdurou pouco a felicidade de abrir três pontos para sair da zona de rebaixamento. Xavi mexeu no time: entraram Gavi e Pedri nos lugares de De Jong e Nico. Em pouco tempo, o jovem de 19 anos abriu com Dembélé, que cruzou da direita. Aubameyang ganhou no alto e desviou de cabeça para o fundo do gol.

A garotada de La Masia protagonizou a primeira virada Culés. Gavi fez boa jogada individual, encontrou Pedri no meio da área. O camisa 16 deu um tapa de primeira. Na reta final, o banco de reservas foi essencial para os blaugranas e os comandados de Alessio Lisci. A movimentação ocorreu justamente de quem entrou em campo, seja de lado positivo ou negativo, dependendo dos lados. Aos 81, a terceira penalidade máxima. Son enfiou Dani Gómez. O atacante invadiu a área, levou para o meio e acabou sendo calçado por Lenglet. Melero acertou o canto oposto do goleiro. Já nos acréscimos, Luuk de Jong recebeu lançamento de Alba e desviou no canto para garantir o triunfo culé.

Classificação e próximos jogos

O resultado coloca o Barcelona de volta na segunda colocação, com 60 pontos. Apesar de ter a mesma pontuação do Sevilla, o time blaugrana leva vantagem no número de vitórias. O Levante segue com 22, mas deixa a lanterna de LaLiga. Agora, é o 19º.

Na próxima quinta-feira, os Culés irão receber o Frankfurt, às 16h (de Brasília), pelo jogo de volta das quartas de final da Europa League. Já os Granotes entram em campo no domingo (17), contra o Granada (de Brasília), às 9h, pelo espanhol.

VAVEL Logo