Guardiola exalta defesa em avanço do City às semifinais da Champions:
Foto: Divulgação/Uefa

A partida desta quarta-feira (13) entre Atlético de Madri e Manchester City compensou a falta de gols com boas doses de emoção. Os comandados do técnico Pep Guardiola sofreram bastante no segundo tempo, mas graças à uma grande atuação do zagueiro John Stones (eleito o homem do jogo) e a grandes defesas do goleiro Ederson, avançaram para as semifinais pela terceira vez na sua história e tornaram seu técnico o primeiro da história a atingir a marca de nove disputas nesta fase do torneio.

Após o apito final, o técnico recordista reconheceu tanto a marca alcançada pelo seu time como o jogo duro que seus oponentes fizeram:

Hoje nós celebramos porque é a terceira vez na história do Manchester City que alcançamos as semifinais. Jogamos contra os campeões da Espanha, e eles atuaram com energia. No primeiro tempo nós tivemos chances, mas no fim, estamos nas semifinais de forma merecida. No segundo tempo eles foram muito melhores, mas ao mesmo tempo, defendemos com tudo o que tínhamos. Fernandinho e Nathan Ake foram excelentes. Esta competição é sempre muito difícil neste estádio. Eu estou orgulhoso porque o oponente jogou realmente muito bem. Nós tentamos ficar com a bola, mas não conseguimos. Com os jogadores e as chances que tiveram, eles poderiam ter marcado um gol.”

Apesar de ter tido 60% de posse de bola no total, no segundo tempo os ingleses mantiveram a bola por apenas 47% do tempo e viram o Atlético finalizar contra a sua meta em 13 ocasiões enquanto finalizaram apenas duas.

Os citizens ainda perderam Kyle Walker e Kevin de Bruyne por lesão e não poderão contar com João Cancelo, suspenso, na primeira partida da próxima fase.


O Manchester City enfrentará o Real Madrid nas semifinais. A primeira partida será na Inglaterra no final de abril e a volta será em Madri entre os dias 3 e 4 de maio.

VAVEL Logo