Com gols de Ansu Fati e Alba, Barcelona bate Betis e se garante na próxima edição da Champions League
Foto: Divulgação/Barcelona

Após um início de temporada irregular, o Barcelona dependia apenas de si para garantir a única coisa que restava: classificação da próxima edição da Champions League, no qual foi preenchido com sucesso ao vencer o Betis, por 2 a 1, no Benito Villamarín, pela 35ª rodada de LaLiga

Em confronto equilibrado, os gols foram marcados apenas no segundo tempo. Ansu Fati saiu do banco para deixar os Culés na frente, Bartra igualou pouco depois e Jordi Alba garantiu o resultado em golaço nos acréscimos.

Tentativas e trave amiga

Atual campeão da Copa do Rei, os béticos foram homenageados com o pasillo, corredor onde os atletas blaugranas aplaudiram o título do adversário, que realizou seu primeiro jogo em casa depois da conquista. Com a bola em jogo, os times apresentavam bom esquema defensivo e duelavam no meio-campo, mas sem criar perigo. Juanmi até tentou assustar. O camisa 7 recebeu em velocidade de Borja Iglesias, ganhou de Daniel Alves, e tentou uma cavadinha, meio sem jeito, mandando para fora.

 Já o Barça ganhou uma ajudinha. Dembélé cruzou com perigo, de forma fechada. Bravo espalmou na primeira trave, a bola desviou no goleiro e estava com o caminho programado para dentro das redes, mas Pezzella tirou em cima da linha.

O chileno acabou sentindo a perna direita e, logo, deu lugar a Rui Silva. Os poucos minutos não o afetaram ao estar debaixo da baliza. Memphis cobrou escanteio, Araújo subiu bem alto e testou firme. o arqueiro salvou com a ponta dos dedos e a bola explodiu no travessão. A trave voltou a ser amiga, desta vez, pelo lado culé. Guido soltou uma bomba na entrada da área e carimbou a trave. Canales pegou a sobra e Neto defendeu.

Foto: Divulgação/Barcelona
Foto: Divulgação/Barcelona

Golaço nos acréscimos

O equilíbrio marcou o início do segundo tempo. Os Verdiblancos preenchiam o campo ofensivo. Faltava melhorar na chegada ao ataque. Assim aconteceu graças ao lançamento de Moreno, do campo de defesa, para Canales, que cruzou rasteiro.Juanmi finalizou de primeira e obrigando a Neto fazer grande defesa.

Aos 72, Ferran Torres tentou tabelar com Aubameyang. Sabaly se enrolou ao fazer a interceptação, Ferran voltou a ficar com posse, que chutou na saída do goleiro, mas Rui Silva evitou o gol.

Agitado na beira do gramado, Xavi mexeu nos lados do ataque: Dembélé e Ferran deram lugares a Adama Traoré e Ansu Fati. A mão do técnico deu o resultado esperado. Adama inverteu para o lado esquerdo. Gavi tocou para Alba. O lateral encontrou Fati na entrada da área. O camisa 10 gingou em cima dos marcadores e acertou o canto em chute rasteiro. A vantagem no placar pouco pôde ser sentida. Fekir cobrou falta na lateral da área. Bartra pulou entre Daniel Alves e De Jong, e cabeceou no canto, Neto até chegou encostar e nada conseguiu fazer.

Para estragar a comemoração do lado verde de Andaluzia, Daniel Alves levantou na segunda trave. Alba emendou lindo chute, com a bola no ar, e garantiu o triunfo Culé.

Classificação e próximos jogos

O Barcelona chega aos 69 pontos de LaLiga. Na segunda colocação, os Culés se asseguram matematicamente na próxima fase da Champions League. Na cola do G-4, o Betis segue em quinto, com 58.

Ambos os times irão entrar em campo na próxima terça-feira (10). Às 14h (de Brasília), os Verdiblancos visitam o Valencia, no Mestella, enquanto os Culés recebem o Celta de Vigo, às 16h30 (de Brasília), no Camp Nou.

VAVEL Logo