Real Madrid derrota Barcelona e assume liderança de LaLiga com participação brasileira
Foto: Divulgação/Real Madrid

No dia em que o El Clásico completa 120 anos, a festa foi para o lado blanco. O Real Madrid jogou com inteligência, deu a bola e soube aproveitar as falhas do Barcelona para construir a vitória de 3 a 1, pela nona rodada de LaLiga, no Santiago Bernabéu. Benzema e Valverde marcaram no primeiro tempo, tendo a participação de Vinicius Junior em ambos os lances, e Rodrygo fechou a conta depois do intervalo, de pênalti. Ferran Torres diminui a diferença

Espaço é o caminho para gols

Devido a fragilidade defensiva, Xavi modificou a defesa do Barça com as entradas de Sergi Roberto, Koundé e Balde. O time da Catalunha começou trocando passes, avançando as linhas de marcação. Raphinha até deu a primeira finalização no jogo, de longe, mas Lunin segurou firme. O Madrid tinha paciência, buscava Vini Jr, que era cercado por três. O brasileiro recebeu de Mendy dentro da área, ficou cercado, e mesmo assim, conseguiu  encontrar buraco para arrematar. A bola desviou no compatriota Raphinha e saiu com perigo à esquerda do gol.

As sombras não conseguiram se sobressair. Kroos ganhou da marcação de Busquets, e meio desequilibrado, descolou belo lançamento para Vini Jr. O camisa 20 invadiu com liberdade e chutou na saída de Ter Stegen, que defendeu. Benzema pegou o rebote e escorou para o gol vazio. Os Culés pressionaram em busca da igualdade, principalmente pelo lado direito, com lançamentos de Raphinha e Sergi Roberto. A melhor chance veio dos pés do ponta, que fez boa jogada e mandou na pequena área. De Jong passou pela bola, Lewandowski entrou de carrinho, sem goleiro, visando desviar com a ponta da chuteira na segunda trave, mas mandou por cima do gol.

Apesar de deixar a bola para o adversário, o time de Carlo Ancelotti era inteligente ao esperar os avanços. A ideia era ameaçar dentro dos espaços deixados. Assim, foi o caminho para o segundo gol. Vini Jr chamou a marcação, tocou para Tchouaméni, que rolou para Mendy acionar Valverde dentro da meia-lua. O uruguaio soltou um foguete e acertou o canto de Ter Stegen.

Foto: Divulgação/Real Madrid
Foto: Divulgação/Real Madrid

Rayo fecha a conta

Os Culés retornaram do intervalo precisando reduzir o prejuízo, mas pecava na lentidão nas transições, bem como as sequências de erros, favorecendo os Blancos. Benzema foi acionado na esquerda, rolou  para Kroos, que bateu de chapa por cima do gol. A vulnerabilidade quase ocasionou o terceiro gol com a dupla BenzaVini. Vini Jr lançou Benzema na direita. O atacante puxou para o meio e bateu com a canhota, mas o VAR anulou por impedimento.

Xavi foi obrigado a mexer, contudo, não surtiu efeito. Os comandados de Carlo Ancelotti estavam tranquilos, sendo impecáveis na sua estratégia. E, o que aparecia está decidido, deu um ânimo nas reta final. Ansu Fati avançou pelo corredor, passou por dois e cruza rasteiro. Lewandowski desviou de calcanhar e Ferran Torres diminui na segunda trave. Pouco depois, em bola alçada na área, Sergi Roberto cabeceou em cima de Mendy. Ansu Fati emendou no rebote e a bola tirou tinta da trave. 

Sustos que não vieram atrapalhar a festa blanca, dentro da capital espanhola. Rodrygo recebeu de Kroos dentro da área e sofreu uma pisada de Eric García. Após revisar o lance na cabine do VAR, o árbitro marcou pênalti. O próprio Rayo cobrou forte, no canto, Ter Stegen até acertou, mas não alcançou.

Classificação

O Real Madrid rouba a liderança do rival e vai para 25 pontos. Por sua vez, o Barcelona tem sua primeira derrota e agora é segundo colocado, tendo os mesmos 22.

Próximos jogos

A LaLiga terá jogos no meio de semana. Na quarta-feira (19), os Blancos visitam o Elche, no Manuel Martínez Valero, às 16h (de Brasília). No dia seguinte e mesmo horário, os Culés irão receber o Villarreal, no Camp Nou.

VAVEL Logo