Japão desafia Espanha por vaga às oitavas de final da Copa
Foto: Divulgação/FIFA World Cup

Quinta-feira (1º) de decisão no Grupo E da Copa do Mundo 2022 no Catar. Japão e Espanha se enfrentam pela terceira e última rodada da fase de grupos, em um duelo que vale presença na fase de oitavas de final para ambos os selecionados. O jogo será realizado às 16h (de Brasília) no estádio Internacional Khalifa, em Doha.

Matemática

Ambas as seleções chegam a esse jogo dependendo apenas de si para avançar a próxima fase do mundial. Mandante na partida, o Japão garante sua presença nas oitavas de final se vencer a Espanha, independente do placar.

Em caso de empate contra os espanhóis, os japoneses vão depender de um empate no outro jogo do grupo que acontecerá no mesmo horário, entre Costa Rica e Alemanha. Se os alemães vencerem e o empate se confirmar no Internacional Khalifa, a situação será definida no saldo de gols.

Japão tenta nova zebra

Os japoneses começaram o Mundial surpreendendo a todos ao conquistar uma vitória de virada contra os alemães. A expectativa contra a Costa Rica na partida seguinte era de mais três pontos, mas a equipe centro-americana venceu por 1 a 0 e deixou o grupo E embolado.

Para a partida contra a Espanha o técnico Hajime Moriyasu não poderá contra com o meio campista Wataru Endo, e os zagueiros Tomiyasu e Sakai, todos lesionados. O atacante Asano deve aparecer no time titular, ele que tem sido um dos destaques do time asiático na competição.

A provável escalação do Japão é: Gonda; Yamane, Itakura, Yoshida e Nagatomo; Tanaka, Morita e Doan; Kamada, Junya Ito e Asano.

Espanha a uma vitória da liderança da chave

A vitória na estreia por 7 a 0 diante da Costa Rica mostrava que a equipe tinha tudo para ter uma classificação tranquila no grupo, ainda mais depois do tropeço da Alemanha na estreia contra o Japão.

Contra a Alemanha, os espanhóis saíram na frente, mas tomaram o 1 a 1, e chegam agora ao duelo contra o Japão precisando pelo menos do empate para assegurar sua presença nas oitavas de final.

Se vencer o Japão, a Espanha assegura o primeiro lugar do grupo E. Se perder para os japoneses, terá que torcer por um empate no duelo entre Costa Rica e Alemanha, ou de uma vitória dos alemães que não tire a diferença de oito gols de saldo na tabela de classificação da chave.

Para o jogo contra o Japão, o técnico Luis Enrique pretende usar a força máxima de seu selecionado, mesmo com Sergio Busquets pendurado e correndo o risco de se tornar um desfalque para a próxima fase em uma eventual classificação. Rodri e Gavi, com problemas musculares, também devem ser titulares.

A Espanha deve vir a campo com Unai Simon; Carvajal, Rodri, Laporte e Jordi Alba; Busquets, Gavi e Pedri; Ferran Torres, Morata e Olmo.

Arbitragem

Árbitro: Victor Gomes (África do Sul)

Assistente 1: Zakhele Siwela (África do Sul)

Assistente 2: Souru Phatsoane (Lesoto)

VAR: Fernando Guerrero (México)

Quarto árbitro: Salima Mukansanga (Ruanda)

VAVEL Logo