Após empatar com o Wolfsburg no Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund agora muda o foco para a Champions League e dessa vez para enfrentar o PSV Eindhoven nesta terça-feira (20), pelas oitavas de final do torneio continental, às 17h (horário de Brasília), no Philips Stadion.

Dessa forma, o clube aurinegro chega bastante embalado para enfrentar os holandeses no torneio da UEFA, após oito jogos de invencibilidade na Bundesliga, incluindo quatro vitórias e quatro empates.

Na tabela de classificação do Campeonato Alemão, o time comandado pelo técnico Edin Terzic se mantém no G4, através da quarta colocação com 41 pontos somados e um mais que o RB Leipzig, que aparece logo atrás.

Além disso, o Borussia Dortmund também conquistou a liderança do Grupo F da Champions League com 11 pontos, três a mais que o Paris Saint-Germain, segundo colocado. A chave ainda contou com Milan e Newcastle, como integrantes.

Pela fase de grupos do torneio continental, o Dortmund obteve três vitórias, dois empates e uma derrota, justamente para os franceses. resultando num aproveitamento de 61% na Champions.

Diante do PSV Eindhoven, os aurinegros terão que lidar com o desfalque do atacante Sébastien Haller, que sofreu uma lesão no tornozelo direito e ficará afastado por várias semanas.

Haller se destacou na conquista do título da Costa do Marfim pela Copa Africana de Nações. O camisa 9 do Dortmund marcou o gol da vitória na semifinal diante da República Democrática do Congo e depois anotou o gol do título contra a Nigéria.

O jogador de 29 anos foi submetido a exames médicos na última sexta-feira, que revelaram uma recorrência de um problema anterior no mesmo lugar sofrido em meados de dezembro, num jogo contra o Mainz 05 pela Bundesliga.

Nessa atual temporada, com a camisa do Borussia Dortmund, Haller participou de 14 jogos e apenas dois gols, incluindo Campeonato Alemão, Champions League e Copa da Alemanha.

Além de Haller, o Borussia Dortmund também não vai poder contar com Felix Nmecha, Salih Özcan, Julien Duranville e Karim Adeyemi, que seguem machucados e ficam de fora da partida desta terça-feira.

Em contrapartida, o técnico Edin Terzic deve escalar os aurinegros com força máxima e com a maioria de seus titulares à disposição para enfrentar o PSV na Champions League.