Pérez marca dois e Panamá vence Bolívia na Copa América Centenário

Em sua estreia na história do torneio, seleção da América Central vence o conjunto boliviano e lidera a chave D

Com dois de Pérez, Panamá vence a Bolívia

Nessa segunda (06) o Florida Citrus Bowl recebeu o confronto entre Panamá e Bolívia pelo grupo D. E em um jogo que mostrou diversas alternativas ao longo do cotejo, o Panamá venceu por 2 a 1 com gols de Blas Pérez (duas vezes) com Arce fazendo o do time boliviano.

Com a vitória o Panamá chegou aos três pontos e está provisoriamente na ponta do grupo D. Já seleção da Bolívia fica sem pontos e ocupa nesse momento a lanterna da chave.

Na próxima rodada a Bolívia encara o Chile em Foxborough na sexta (10) às 20h. Já os panamenhos pegam a seleção da Argentina no mesmo dia só que às 22h30.

Panamá faz bom primeiro tempo e com boas chances, Bolívia sofre para se articular no ataque

Logo aos dois minutos após cobrança de escanteio, a bola sobrou em Torres que finalizou forte com a bola passando perigosamente próxima ao gol. Com cinco minutos foi a vez de Torres cobrar falta e quase surpreender Lampe que conseguiu dar um tapa na pelota para evitar o tento. 

Aos 10, Quintero recebeu livre do lado esquerdo e cruzou na medida para Blas Pérez que emendou bem para o gol para assim abrir o placar no cotejo. A Bolívia só chegou aos 16 minutos em cobrança de falta e após desvio de Cabrera, Penedo se esticou para evitar o que seria o empate.

Com 26 minutos após novo levantamento na área, Blas Pérez aproveita para desviar obrigando a Lampe a fazer boa defesa evitando o segundo gol Panamenho. Na reta final do primeiro tempo, a Bolívia tinha dificuldades para atacar e o Panamá não tinha muito interesse em atacar com o placar não se alterando e ficar mesmo em 1 a 0 para o time do Caribe.

Bolívia volta pro segundo tempo pressionando mas Panamá responde com velocidade

O time boliviano voltou do intervalo com tudo e logo aos sete minutos após sobra de cobrança de falta, Arce bateu firme pro gol para empatar a peleja. Com 12 minutos os Bolivianos tiveram nova oportunide com Duk que é lançado e sai cara a cara com o arqueiro porém atacante demora a finalizar e Cummings o desarmou e evitou a virada.

Com 22 minutos em boa jogada, Tejada até marcou o gol porém em posição de impedimento bem anotado pela arbitragem, o tento acabou não sendo validado. Com 27 outra chance caribenha e dessa vez com Quintero que recebeu na área e bateu no canto entretanto Lampe saltou no canto para evitar o segundo gol da seleção do Panamá.

No final do jogo, aos 41 minutos, Arroyo foi lançado em velocidade pela direita venceu a disputa com a marcação e rolou pro meio para Blas Pérez completar pro gol e fazer o gol da vitória do Panamá. Ainda houve tempo para Arce perder boa chance aos 45 e desperdiçar a chance do empate e o jogo terminou em 2 a 1.