Precisando da vitória, Estados Unidos e Paraguai se enfrentam na Filadélfia

Em situações distintas, Estados Unidos e Paraguai vão ao Lincoln Financial Field para lutar pela vaga nas quartas de final da Copa América Centenário

Precisando da vitória, Estados Unidos e Paraguai se enfrentam na Filadélfia
(Foto: David Banks/LatinContent/Getty Images)
Estados Unidos
Paraguai
Estados Unidos: Guzan; Yedlin, Geoff Cameron, Brooks e Fabian Jhonson; Bradley, Jermaine Jones e Bedoya; Dempsey, Bobby Wood e Zardes
Paraguai:
Placar: Villar; Bruno Valdez, Paulo da Silva, Gómez e Samudio; Ortiz, Piris, Almirón e Romero ; Lezcano e Edgar Benítez
INCIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA TERCEIRA RODADA DA COPA AMÉRICA CENTENÁRIO EM FOXBOROUGH, MASSASUSSETTS

Neste sábado (11), as seleções dos Estados Unidos e Paraguai entram em campo para definir a última vaga do Grupo A nas quartas de final. Para isso, as seleções precisam fazer as contas e ambas necessitam de uma vitória convincente se quiserem seguir com confiança. A partida será no Lincoln Financial Field, na Filadélfia, às 20h (horário de Brasília)

Se a vida dos Estados Unidos melhorou após a goleada sobre a Costa Rica, a do Paraguai segue terrível. Depois do empate na primeira rodada com a mesma Costa Rica, a seleção perdeu para a Colômbia e se complicou na competição. Para passar para a próxima fase da Copa América Centenário, os norte-americanos só precisam de uma vitória simples. Já os paraguaios devem vencer por três ou mais gols de diferença, passando assim o adversário na tabela.

Atualmente, a classificação do Grupo A tem Colômbia como líder com seis pontos, Estados Unidos em segundo com três e Paraguai e Costa Rica empatados com apenas um ponto nas duas últimas colocações.

Após goleada, Estados Unidos esperam manter o mesmo ritmo

A grande vitória contra a Costa Rica na última rodada deu aos norte-americanos exatamente o que eles buscavam desde o início da Copa América. Com empolgação e celebração dentro e fora dos gramados, a seleção dos Estados Unidos passou sem dificuldades pelo adversário e venceu por 4 a 0.

Para o duelo contra o Paraguai, o treinador Jürgen Klinsmann não deve ter problemas na escalação, já que possivelmente terá todos os atletas disponíveis. A equipe precisa apenas vencer se não quiser depender do resultado do outro confronto do grupo, entre Colômbia e Costa Rica.

"Vejo um time progredindo. Vejo um time que quer muito se afirmar contra equipes desse calibre. Sabíamos da dificuldade de passar por esse grupo dificílimo... é encorajador ver que esse grupo tem muita vontade de fazer tudo funcionar", disse o técnico Jürgen Klinsmann após os treinos.

De acordo com Klinsmann, "o time entende perfeitamente como a sitauação está, que precisamos garantir que está tudo certo. Para nós, não é tipo: 'E se perdermos esse jogo?". Nunca pensamos assim, você tem três jogos, precisa achar uma forma de ganhar seus pontos".

Sem vencer, Paraguai precisa conquistar três pontos e fazer mais de três gols

A vida do Paraguai na Copa América Centenário está muito complicada. Além de perder o último jogo contra a Colômbia e fazer confronto sem graça e sem gols contra a Costa Rica, a seleção precisa vencer os Estados Unidos de qualquer jeito se quiser sonhar com a classificação. Para completar a lista de desejos paraguaios, os costarriquenhos também precisam perder para a Colômbia.

A vida do Paraguai é extretamente difícil, mas ainda é reversível. Ramón Díaz já tem problemas para escalar a equipe desde o último jogo. Expulso, Óscar Romero está fora e desfalca a equipe. Além dele, o atacante Edgar Benítez é dúvida e talvez seja outra baixa para Díaz.