País de Gales e Eslováquia fazem duelo de estreantes na Euro

Partida entre as duas seleções abre o Grupo B da Eurocopa. Gareth Bale (Pais de Gales) e Marek Hamsik (Eslováquia) são as atrações da partida.

País de Gales e Eslováquia fazem duelo de estreantes na Euro
Gareth Bale: esperança de gols para o País de Gales
País de Gales
Eslováquia
País de Gales: País de Gales: Hennessey, Davies, Chester e Williams; Gunter, Allen, King, Bale, Ramsey e Neil Taylor; Vokes Técnico: Chris Coleman
Eslováquia: Eslováquia: Kozácik, Pekarík, Hubocan (Škriniar), Skrtel e Švento; Weiss, Pecovský, Kucka, Hamsik e Mak; Adam Nemec Técnico: Jan Kozak
ÁRBITRO: Svein Oddvar Moen (NOR).
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada do Grupo B da Euro 2016.

Hoje, às 13 horas, País de Gales e Eslováquia abrem o Grupo B da Eurocopa. A partida entre galeses e eslovacos será realizada no Estádio Matmut Atlantique, em Bordeaux, na França. O Grupo B também é composto por Inglaterra e Rússia, que se enfrentarão às 16 horas no Estádio Velodrome, em Marselha. O jogo será arbitrado por Svein Oddvar Moen, da Noruega.

A partida de hoje é um embate entre “calouros”, pois esta é a primeira vez que País de Gales e Eslováquia chegam a fase final da Eurocopa. Nas eliminatórias para o torneio, os eslovacos conseguiram a classificação direta para a Euro, ficando apenas atrás da Espanha. Já os galeses desbancaram a Bósnia e Herzegovina, que esteve presente na última Copa do Mundo, e classificou-se em segundo lugar no seu grupo, que teve a Bélgica em primeiro lugar.

Uma vez dentro da fase final da Euro, ambas as seleções querem mostrar que podem passar da fase de grupos. Para isso, eslovacos e galeses têm que superar a tensão de estrear em uma competição de grande porte. O técnico da Eslováquia, Jan Kozak, tem plena consciência que o jogo será tenso.

“Vai ser um jogo muito tenso, pois vai ser uma estreia no torneio e não apenas nesta edição. Portanto, acredito que vamos encontrar muitas dificuldades. O vitorioso, porém, vai sair bem fortalecido deste combate.”

O treinador do País de Gales, Chris Coleman, acredita no potencial dos seus jogadores, mas ressalta o fato de que é preciso frieza para apresentar um bom futebol na partida de estreia.

“Precisamos de muita frieza, pois não vai ser um jogo dos mais tranquilos. Mas meus jogadores sabem que o mais complicado foi chegar até aqui e por isso mesmo estamos felizes e prontos para colocar em prática tudo aquilo que foi preparado com muito empenho. Acredito no potencial do meu plantel”

Atacantes são os destaques de País de Gales e Eslováquia

O principal nome da Seleção Galesa é Gareth Bale, que atua no Real Madrid. O atacante, que foi comprado do Tottenham pelo clube espanhol por 100 milhões de euros, é a grande esperança de gols que possam levam os galeses a próxima fase da Euro. Mesmo sendo a estrela do time, Bale faz questão de exaltar as qualidades dos seus companheiros, mostrando que Gales não é time de um homem só.

“Unidos, somos mais fortes. A união desse time é uma das nossas virtudes. Defendemos como sendo um só e atacamos como sendo um só. Lutamos juntos e a cada dia trabalhamos mais duro”

Pelo lado da Eslováquia, o grande destaque é Marek Hamsik. O atacante do Napoli, que estava presente na seleção que chegou as oitavas de final da Copa de 2010, vem de uma boa temporada no clube italiano e pode decidir partidas a favor dos eslovacos. Outro nome conhecido da Seleção Eslovaca é o zagueiro do Liverpool, Martin Skrtel, que é uma das principais lideranças da equipe e ostenta a braçadeira de capitão. Apesar de contar com Hamsik e Skrtel, a Eslováquia tem uma dúvida para o jogo de hoje à tarde: o zagueiro Tomas Hubocan está com dores na coxa direita. Caso Hubocan seja vetado, entrará em seu lugar Milan Škriniar.

FICHA TÉCNICA

PAÍS DE GALES X ESLOVÁQUIA

Local: Estádio Matmut Atlantique, em Bordeaux (França)

Data: 11 de junho de 2016 (Sábado)

Horário: 13h (Horário de Brasília)

Árbitro: Svein Oddvar Moen (NOR)

PAÍS DE GALES: Hennessey, Davies, Chester e Williams; Gunter, Allen, King, Bale, Ramsey e Neil Taylor; Vokes

Técnico: Chris Coleman

ESLOVÁQUIA: Kozácik, Pekarík, Hubocan (Škriniar), Skrtel e Švento; Weiss, Pecovský, Kucka, Hamsik e Mak; Adam Nemec

Técnico: Jan Kozak