Com dois gols no fim, Aberdeen vence Fola Esch e abre vantagem na Europa League

McGinn e Rooney marcam nos acréscimos do segundo tempo pra dar tranquilidade aos Dons sobre o clube de Luxemburgo

Com dois gols no fim, Aberdeen vence Fola Esch e abre vantagem na Europa League
Foto: Ian MacNicol/Getty Images
Aberdeen
3 1
Fola Esch

No jogo de ida da primeira fase de eliminatória da Uefa Europa League, o Aberdeen recebeu o Fola Esch, de Luxemburgo, no Pittodrie, na tarde desta quinta-feira (30). O jogo acabou sendo eletrizante até o fim, visto que o time da casa precisou de dois gols no fim para conseguir uma vitória que parecia improvável quando os gols saíram. Shay Logan, Niall McGinn e Adam Rooney marcaram pros Dons, enquanto que Julien Klein fez o de honra dos visitantes.

Com a vitória, o Aberdeen sai em boa vantagem para o jogo de volta, na próxima quinta-feira (7), em Luxemburgo. Os Dons podem até perder por um gol de diferença que ainda assim saem com a classificação. Além disso, um empate e vitória também classificam, assim como resultados por dois gols de diferença marcando dois ou mais gols (4 a 2, 5 a 3...). O Fola Esch, no entanto, precisará vencer o próximo embate por 2 a 0 ou por três gols de diferença. Vitória por 3 a 1 dos visitantes de hoje, leva o jogo para a prorrogação. 

Com um time teoricamente superior, os Dons começaram mais em cima. Tentaram impor o ritmo de jogo característico do seu treinador McInnes, de muita pressão, domínio de bola e ocupação de espaços. Muitas tentativas foram vistas no Pittodrie e a torcida da casa chegou a gritar gol no primeiro tempo, quando teve um gol anulado por impedimento. Fola Esch também tentou chegar algumas vezes, mas sem sucesso. 

Na segunda etapa, no entanto, foi bem mais movimentada. Outro gol anulado por impedimento por parte do Aberdeen, mas aos 23 minutos da segunda, Shane Logan conseguiu abrir o marcador com um chute certeiro, depois de ficar muito tempo buscando o gol. Porém, dois minutos depois, os visitantes chegaram ao empate com Julien Klein, aproveitando a zaga desajeitada. Depois disso, pressão total do Aberdeen, que precisava da vitória ao menos, para não sair em desvantagem. 

Com uma pressão feita, algumas situações fizeram com que o jogo se estendesse por mais sete minutos além do tempo normal, e neles aconteceram a vitória. Primeiro McGinn, que jogou pelos Dons cinco dias depois de encerrar a campanha com sua seleção Irlanda do Norte na Eurocopa, marcou o primeiro. Depois, pênalti para o time da casa e Adam Rooney cobrou a penalidade, fechando o placar e dando a vitória para o time da casa, além do conforto.