José Angulo: o velocista matador do Independiente Del Valle

Equatoriano é o grande destaque ofensivo da grande surpresa da Copa Libertadores 2016, aliando rapidez e precisão

José Angulo: o velocista matador do Independiente Del Valle
Foto: Orionquiaphoto/Getty Images

José Enrique Angulo Caicedo, um jovem equatoriano de 21 anos que ganhou notoriedade graças a campanha dele e de seu pequeno clube, o Independiente Del Valle que tem sido a grande surpresa da Copa Libertadores 2016. O atacante segue a linha dos jovens pontas ou avantes que tem surgidos em terras equatorianas nos últimos anos com nomes como Caicedo, Enner Valencia e outros que ganharam espaço justamente por sua velocidade e oportunismo quando estão diante de sistemas defensivos mais lentos ou até mesmo um tanto desorganizados.

O jovem Angulo que já tinha marcado 14 gols em 14 partidas pelo Campeonato Equatoriano ainda em 2015 já chamando atenção de alguns e se tornando um dos principais nomes do time. Porém foi nessa temporada que ele explodiu para o grande público como um dos nomes a serem observados na surpreendente campanha do Independiente Del Valle na Libertadores.

Nesta temporada ele marcou 4 gols em 11 jogos na liga local e 5 em 12 cotejos pela competição continental, totalizando 9 tentos em 22 partidas e foi justamente nos certames pelas Américas que ele conseguiu se colocar como um dos goleadores do torneio ficando atrás apenas de seu companheiro Junior Sornoza que tem 6 gols e de Marco Rúben, Ismael Sosa e Jonathan Calleri todos com 8 anotados cada.

Agora ele se prepara junto com seus companheiros, para tentar protagonizar mais uma surpresa na competição, primeiro derrubando o River Plate (atual campeão) nas oitavas e depois um dos times de melhor campanha da Libertadores, o Pumas do México. O time jogará nestas semifinais diante do Boca Juniors (maior campeão entre os sobreviventes do torneio, com seis conquistas) e diante de uma Bombonera que estará efervescente.

Para protagonizar mais um épico a equipe deverá contar com a velocidade do atacante que deve protagonizar um interessante duelo de experiência e juventude com Daniel Cata Díaz, e sendo uma boa válvula de escape e importante no jogo de contra-ataque da equipe que já fez muitas vítimas nesta competição justamente dessa maneira, defendendo se bem e jogando em função dos erros dos rivais.