Cristiano Ronaldo lamenta possível aposentadoria de Messi da Seleção Argentina

Craque lusitano afirmou que decisão do ídolo argentino deve ser compreendida por causa dos insucessos com a Albiceleste, mas espera mudança de ideia

Cristiano Ronaldo lamenta possível aposentadoria de Messi da Seleção Argentina
(Foto: Paul Ellis/AFP/Getty Images)

Ídolos do grandioso mundo de futebol, apontados como os dois maiores jogadores do século XXI e integrantes das principais discussões do esporte bretão nos últimos dez anos. Esse é o universo em que Lionel Messi e Cristiano Ronaldo estão postos. Em campo, os dois se enfrentam no Campeonato Espanhol e, em algumas vezes, nas competições europeias nos super clássicos entre Barcelona e Real Madrid. Não é de hoje que os jogadores deixam a rivalidade apenas nas quatro linhas. E, diante dos recentes fatos entre as seleções da Argentina e de Portugal, os dois voltam a ser centro das atenções.

Após a conquista do vice-campeonato da Copa América Centenário e a manutenção do jejum de títulos, que dura mais de duas décadas, o craque anunciou a aposentadoria da Seleção Argentina. Em citações divulgadas nos portais Mundo Deportivo e As, da Espanha, Cristiano Ronaldo foi perguntado sobre essa decisão. Depois de dizer que é compreensível a saída por não repetir a quantidade de títulos conquistada no Barcelona, o ídolo português espera mudança na decisão.

"Lionel Messi tomou uma decisão dura e as pessoas devem tentar entendê-la. Ele não está habituado às derrotas e às decepções, nem sequer a ficar em segundo colocado. Falhar em uma penalidade não faz dele um mau jogador. Dói a mim ver Messi em lágrimas e espero que volte a defender a seleção de seu país", afirmou CR7.

Segundo informações provenientes do jornal argentino La Nación, companheiros e pessoas próximas a Lionel Messi afirmaram que o ídolo argentino repensa a decisão e pode anunciar em breve o retorno à Seleção Argentina, com o objetivo de conquistar uma taça com a Albiceleste na competição oficial mais próxima a ser disputada: a Copa do Mundo FIFA 2018, na Rússia.