Fim do primeiro turno da Liga Chinesa tem Guangzhou imbatível e disputa pela vice-liderança

Primeira rodada do returno começa na sexta-feira (oito de julho)

Fim do primeiro turno da Liga Chinesa tem Guangzhou imbatível e disputa pela vice-liderança
Guangzhou Evergrande tem o melhor ataque e a melhor defesa da Super Liga Chinesa (Foto: Reprodução/ Weibo)

No último fim de semana foi disputada a 15ª rodada da Super Liga Chinesa, a última do primeiro turno da competição. Foram 295 gols até agora (283 se não forem contados os 12 marcados na 21ª rodada que foi antecipada) e tudo parece estar às mil maravilhas para o atual pentacampeão Guangzhou Evergrande.

O time comandado por Luiz Felipe Scolari tem 39 pontos e não perde desde a rodada inicial do torneio. A campanha do Guangzhou lembra a feita em 2013, quando o clube venceu 24 partidas e empatou apenas cinco vezes em 30 jogos disputados. Neste mesmo período, o time tinha 41 pontos e 11 pontos de vantagem para o segundo colocado. A competência dos atuais campeões aliada aos tropeços dos adversários permitiu o Guangzhou abrir sete pontos para o segundo colocado Jiangsu Suning.

Mesmo as lesões de jogadores importantes como Jackson Martínez, Zhang Linpeng e Kim Young-Gwon, não foram suficientes para diminuir o ímpeto do Guangzhou e mostraram mais uma vez o porquê do clube ser o maior da China na atualidade. A temporada 2016 deve ser mais uma em que a briga será pela segunda posição na tabela.

Alex Teixeira é o destaque do Jiangsu Suning e tem quatro gols na Super Liga Chinesa (Foto: Reprodução/ Weibo)
Alex Teixeira é o destaque do Jiangsu Suning e tem quatro gols na Super Liga Chinesa (Foto: Reprodução/ Weibo)

Jiangsu Suning e Hebei China Fortune vem se degladiando pelo posto nas últimas rodadas, permitindo o líder abrir vantagem. Se o Jiangsu acaba de contratar seu treinador Choi Yong-Soo, o Hebei vive dias de tensão com a lesão de Ezequiel Lavezzi na Copa América Centenário. Nos últimos dois jogos, duas derrotas para Hangzhou Greentown e Shanghai SIPG, que ganhou uma vida extra para entrar na briga pelo segundo lugar.

A contratação de Hulk vai impulsionar as ambições do time de Xangai na tabela e na Liga dos Campeões da Ásia. O SIPG tem 27 pontos, três a menos que o Hebei e cinco atrás do Jiangsu. Shanghai Shenhua e Henan Jianye vêm logo atrás com 25 pontos. Um pouco mais atrás, em oitavo, vem o Beijing Guoan com 20 pontos.

Na outra ponta da tabela vê-se um tradicional time chinês em estado crítico. O Shandong Luneng tenta reagir no comando de Felix Magath, já tendo sofrido três derrotas e um empate em quatro jogos. O clube vê o Changchun Yatai, penúltimo colocado, com três pontos de distância, e o Shijiazhuang Ever Bright, primeiro time fora da zona de rebaixamento, quatro pontos à frente. O ponto mais contestado do Shandong é o sistema defensivo, o terceiro pior da liga com 24 gols sofridos.

Assim como a tabela de classificação, a disputa pela artilharia também tem um líder absoluto. O senegalês Demba Ba já fez 14 gols em 16 jogos pelo Shanghai Shenhua. Logo atrás há um empate entre James Chamanga e Ricardo Goulart, com nove gols cada. O também brasileiro Alan vem logo em seguida com oito gols marcados. Marcelo Moreno e o chinês Dong Xuesheng aparecem com sete gols.

Demba Ba é o artilheiro da Super Liga Chinesa com larga vantagem para seus oponentes (Foto: Reprodução/ Weibo)
Demba Ba é o artilheiro da Super Liga Chinesa com larga vantagem para seus oponentes (Foto: Reprodução/ Weibo)

O returno da Super Liga Chinesa começa na sexta-feira (oito de julho). A 30ª e última rodada da competição está estipulada para acontecer nos dias cinco e seis de novembro. Muitas águas ainda vão rolar nos próximos quatro meses.