Após participar da Euro e jogar na ida, meia McGinn é poupado no Aberdeen pela UEL

Camisa 10 dos Dons não tinha tido descanso nesta pré-temporada ainda, voltando de uma eliminação na Euro semana passada e já entrando em campo na mesma semana pelo seu time

Após participar da Euro e jogar na ida, meia McGinn é poupado no Aberdeen pela UEL
Foto: Philippe Desmazes/Getty Images

Niall McGinn estava na seleção da Irlanda do Norte na Eurocopa 2016 e quando a seleção foi eliminada ele retornou diretamente ao Aberdeen, sem ter período de férias, querendo jogar a fase de qualificação da Europa League. Os Dons venceram com um gol do seu camisa 10 nos acréscimos e depois de ter apenas oito semanas de férias nos últimos 38 meses, finalmente foi dado um descanso ao atleta. O seu comandante Derek McInnes preferiu não levar o norte-irlandês pra viagem à Luxemburgo, onde a equipe jogará contra o Fola Esch nesta quinta-feira (7) para garantir vaga na segunda fase. Primeiro jogo foi 3 a 1.

Fora do time que vai entrar em campo no jogo de volta contra o Fola Esch, McGinn deve ser substituído Graeme Shinnie que se mostrou bem confiante para entrar em campo. Essa confiança deu a McInnes a segurança de deixar seu camisa 10 descansar depois de não ter tido nenhum nesse verão e ter pedido pra jogar o primeiro jogo, alegando estar bem fisicamente. Essa base de confiança se passa também pelo conforto que o resultado na Escócia deu para a equipe.

"Teve tantas coisas positivas pra se tirar do primeiro jogo", comentou o treinador dos Dons. "Na pré-temporada temos estado muito bem defensivamente, e o novo goleiro tem ajudado muito no processo. Criamos muitas chances naquele jogo. O Fola Esch merece crédito pela organização que eles têm, e sabíamos que eles teríam alguns jogadores para nos pressionar nos 90 minutos. Tivemos que buscar uma maneira de quebrar isso, porém nossos jogadores mostraram caráter ao controlar o ritmo durante a partida", completou. 

Já analisando como deve ser a segunda partida, McInnes lembrou que, pra avançar, o adversário precisa se reiventar. "Pra passar de fase em competições continentais, você precisa fazer dois bons jogos. Nós tivemos um. Eles precisarão mostrar uma mudança de jogo, uma abordagem diferente, seja no começo ou no final da partida. Se eles forem encorajados a fazer o que quiserem, eles ganharão confiança. E não queremos dar isso a eles", finalizou o boss.