Guangzhou Evergrande goleia com gols brasileiros e amplia vantagem na liderança chinesa

Vantagem para o vice-líder Jiangsu, que era de sete, passou para dez pontos

Guangzhou Evergrande goleia com gols brasileiros e amplia vantagem na liderança chinesa
Todos os brasileiros do Guangzhou foram à rede na goleada sobre o Chongqing por 4x1 (Foto: Sina Sports)

No fechamento da 16ª rodada da Super Liga Chinesa, o Guangzhou Evergrande goleou o Chongqing Lifan por 4 a 1 em casa e segue liderando a competição com folga. Com a vitória, o time comandado por Luiz Felipe Scolari chegou ao décimo sexto jogo seguido sem perder e aos 42 pontos na tabela.

A vantagem para o vice-líder Jiangsu Suning que era de sete passou para dez pontos, com a derrota da equipe para o Shandong Luneng no sábado.

Todos os gols dos atuais pentacampeões foram marcados pelos jogadores brasileiros da equipe. Ricardo Goulart foi à rede duas vezes e chegou a 11 gols na Super Liga Chinesa, três a menos que o artilheiro Demba Ba, que passou em branco na rodada. O argentino Emanuel Gigliotti diminuiu para o Chongqing, que está em décimo-segundo na tabela.

A derrota do Jiangsu deu uma possibilidade para o Hebei China Fortune retomar a vice-liderança. A equipe jogou em casa contra o Guangzhou R&F e sentiu as ausências de Gervinho e Ezequiel Lavezzi. O brasileiro Renatinho, de pênalti, e o grego Apostolos Giannou fizeram os gols que decretaram a terceira derrota seguida do Hebei na liga. A equipe caiu para a quarta posição com 30 pontos, enquanto o R&F chegou ao oitavo lugar com 22 pontos.

O pesadelo do Hebei piorou com a goleada do Shanghai SIPG sobre o Henan Jianye por 5 a 0. O atacante Elkeson foi às redes e chegou ao sexto gol na competição. O SIPG ultrapassou o Hebei nos critérios de desempate e assumiu a terceira posição, também com 30 pontos. O Henan está em sexto lugar com 25 pontos.

No jogo das 4h30, o Hangzhou Greentown venceu o Changchun Yatai fora de casa por 1 a 0 e manteve os rivais na lanterna da Super Liga Chinesa. O gol da vitória foi marcado pelo atacante Anselmo Ramon aos 40 minutos do segundo tempo. O Hangzhou está em décimo-terceiro com 18 pontos, enquanto o Changchun tem 13 pontos. Nos critérios de desempate, a equipe de Marcelo Moreno e Bruno Meneghel fica na lanterna da liga.