Rangers bate Motherwell fora de casa e larga bem no grupo F da Copa da Liga Escocesa

'Well cria boas chances aproveitando fator casa, mas não consegue obter sucesso; Light Blues são clínicos na segunda etapa pra garantir a vitória

Rangers bate Motherwell fora de casa e larga bem no grupo F da Copa da Liga Escocesa
Foto: Mark Runnacles/Getty Images

Estreando na Betfred Cup, a Copa da Liga Escocesa, o Rangers viajou para enfrentar o Motherwell, no Fir Park, na cidade homônima ao time da casa na manhã deste sábado (16). Os Light Blues saíram vencedores do confronto, após belo gol de James Tavernier no começo da segunda etapa e chute certeiro de Martyn Waghorn no final, resultando no placar final de 2 a 0 sobre o 'Well

Com a vitória, o Rangers vai à primeira posição do grupo F com três pontos, mesma pontuação do vice-líder da chave, Stranraer, porém os Teddy Bears levam vantagem no desempate, com saldo de gols maior. 

O Motherwell volta a campo no próximo sábado (23), para jogar fora de casa contra o Annan Athletic. O Rangers, por sua vez, joga contra o mesmo time, no Ibrox, na próxima terça-feira (19). 

Na primeira etapa, o Rangers acabou tendo mais a bola, apesar de jogar fora de casa, porém foram os donos da casa que tiveram as primeiras oportunidades de gol, não conseguindo concluir, porém. O Motherwell, aos três minutos, teve a primeira chegada no jogo: McDonald recebeu e bateu pro gol, porém Foderingham fez a defesa. Lee Wallace, no entanto, foi quem chutou pela primeira vez no lado dos Teddy Bears, mas mandou pra longe do gol aos seis minutos.

O primeiro arremate ao gol dos visitantes aconteceu aos 23 minutos, quando McKay achou Waghorn. O atacante conseguiu o chute, porém foi defendido por Samson, que desviou para escanteio. 10 minutos depois, Martyn, novamente, consegue cabeçada na área em cruzamento vindo da direita, mas manda no chão e o arqueiro do Motherwell fica com ela. Depois daí, o Rangers conseguiu ter maior controle da partida e das oportunidades, sendo a última da primeira fase da partida aos 43, quando o camisa 33 dos Light Blues virou um chute após cabeçada de McManus mal tirada, porém a bola passa raspando no travessão. 

Já no começo da segunda etapa, o Rangers não deu chance para os donos da casa. Continuaram a dominação nos minutos iniciais e, após tabelar com Waghorn, Tavernier acertou um belo chute de dentro da área no ângulo oposto de onde se encontrava, aos três da fase final, abrindo o placar no Fir Park e fazendo o seu primeiro na temporada, depois de marcar 15 na passada. Cinco minutos depois o lateral dos Light Blues tocou para Forrester, que arriscou o chute, porém a bola bateu no travessão e foi pra fora.

Aos 11 minutos, cruzamento para a área e McDonald não conseguiu arrematar de primeira, mandando pra fora. Com 25 marcados no relógio, Windass fez bela jogada individual pela direita até ficar livre na área. Chutou, e viu Samson rebater. Na sequência, McKay não acertou na dose certa do arremate, mandando por cima do gol. No minuto seguinte, levantamento para a área e Moult cabeceou de frente para o gol, mas errou a direção da cabeçada. Scott McDonald continou a tentar e, em jogada individual, acabou chutando no lado do gol pela direita. Nos acréscimos, Waghorn aproveitou bela jogada e chutou de esquerda pra matar a partida. 

Entenda o regulamento da Scottish League Cup:

A primeira fase, iniciada em julho, conta com 40 clubes (38 das ligas escocesas e os campeões das Highlands e Lowlands, ligas não federadas pela SPFL). Divide-se em oito grupos de cinco times cada, passando os oito vencedores e os quatro melhores segundo colocados. Nos jogos da primeira fase, o vencedor dos jogos leva três pontos e o perdedor nenhum. Com o empate, um ponto para cada e disputa de pênaltis onde o ganhador leva um ponto extra. 

Na segunda fase, entram os quatro times que estão disputando competições continentais e vira mata-mata simples, sem replays, ou seja, se empatar vai à prorrogação e, persistindo, pênaltis. 

Semifinais e finais são jogados em campos neutros, tradicionalmente no Hampden Park.