Guia VAVEL SPL 2016/2017: Heart of Midlothian FC

Equipe tem usado bastante as categorias de base e quer os garotos levem o time a uma estabilidade na primeira divisão

Guia VAVEL SPL 2016/2017: Heart of Midlothian FC
(Foto: Hugo Alves/VAVEL.com)

Uma das equipes mais tradicionais da Escócia sendo fundado em 1874 na cidade de Edimburgo, o Heart of Midlothian, ou Hearts como é conhecido, tem como principal rival o Hibernian, também da capital. 

A equipe que acaba de passar pela decepção de ser eliminada na segunda fase da Uefa Europa League pelo Birkirkara, deverá concentrar suas forças totalmente no campeonato nacional. A esperança era chegar à fase de grupos do torneio continental porém com o sonho abreviado a equipe tenta seguir com a consistente campanha da última temporada.

Vale lembrar que a equipe viveu uma certa montanha russa, sendo rebaixado em 2013/2014, subindo em 2014/2015 e já no retorno alcançando o terceiro lugar com 65 pontos sendo guiado pelo jovem treinador e um dos símbolos do clube, Robbie Neilson. Agora a equipe quer evitar essa gangorra e se estabilizar na metade da tabela e se os seus garotos forem bem como na última temporada, a equipe pode sonhar com a classificação para as competições europeias.

Sobre as transferências, especialmente em termos de chegadas segue a linha dos clubes do país que em geral apostam no mercado britânico, especialmente em jovens que não se firmaram em grandes clubes na Inglaterra, como destaques dessas chegadas foram Tony Watt (ex-Celtic) e Bjorn Johnsen, um jovem americano que também jogava em mercados periféricos, os dois atacantes que são cinco da seis chegadas do clube no verão. E é justamente num setor ofensivo forte que a equipe tem procurado ter para conseguir encarar os seus grandes rivais na liga, o Aberdeen, o recém promovido Rangers e o atual campeão Celtic.

Apesar da pressão pela precoce eliminação na Liga Europa, os torcedores confiam em um dos grandes ídolos do clube na virada do século em seu banco de reservas. Toda confiança no técnico Robbie Neilson ajudou a reconstruir a equipe com uma boa base de jovens como Sam Nicholson, John Souttar e Callum Peterson.

Estádio

A casa do Hearts é o Tynecastle Stadium com capacidade para 17.420 lugares, é o típico alçapão britânico onde o torcedor fica próximo do campo e é muito participativo justamente por isso e por estarmos tratando de uma cancha menor, a equipe joga nesse local desde 10 de abril de 1886.

Foto: Mark Runnacles/Getty Images
Foto: Mark Runnacles/Getty Images

FICHA TÉCNICA:

Nome: Heart of Midlothian Football Club

Alcunhas: The Heart, The Hearts, Hearts, Jam Tarts, Jambos.

Fundação: 1874

Presidente: Roman Romanov

Treinador: Robbie Neilson

Ídolos: Stéphane Adam, Barney Battles, Jr., Willie Bauld, Andy Black e Jim Brown.

Estádio: Tynecastle Stadium

Capacidade: 17.420