Com um pênalti em cada tempo, Celtic bate Astana e avança aos playoffs da Champions League

Hoops conseguem uma penalidade nos acréscimos do primeiro e outra nos acréscimos do segundo para vencer o adversário por 2 a 1

Com um pênalti em cada tempo, Celtic bate Astana e avança aos playoffs da Champions League
Foto: Steve Welsh/Getty Images
Celtic
2 1
Astana
Celtic: Gordon; Janko, Lustig, O'Connell, Tierney; Brown, McGregor, Armstrong (Touré 61'), Roberts (Johansen 32'), Forrest (Dembélé 74'); Griffiths.
Astana: Eric; Shitov, Logvinenko, Anicic; Beysebekov, Muzhikov, Cañas, Shomko; Nurgaliev (Ibraimi 57'), Twumasi; Kabananga.
Placar: 1-0, min. 45+2', Griffiths. 1-1, min. 62, Ibraimi. 2-1, min. 90+2, Dembélé.
ÁRBITRO: Istvan Kovacs (ROM). Amarelos: Shitov 21', Shomko 47', Johansen 58', O'Connell 76', Roger Cañas 90+1', Shitov 90+1'. Vermelhos: Shitov 90+1'
INCIDENCIAS: partida de volta da terceira fase de qualificação da champions league, jogado no celtic park, em glasgow, escócia.

Na tarde desta quarta-feira (3), o Celtic recebeu o Astana pela terceira fase de qualificação da Uefa Champions League. Depois do jogo de ida ter terminado com o empate por 1 a 1 no Cazaquistão, o time da casa hoje precisava apenas do empate sem gols. Contudo, venceu. Com um pênalti em cada tempo, Griffiths e Dembélé marcaram os tentos dos Hoops e Ibraimi fez pros cazaques. 

Com a vitória, o Celtic avança aos playoffs da competição e garante ano europeu, já que mesmo perdendo disputa a Europa League. O Astana, porém, vai disputar o playoff da Europa League, podendo não ter ano europeu. O sorteio das duas competições acontece na próxima sexta-feira (5).

Celtic domina primeiro tempo e marca de pênalti no acréscimos

Apesar de ter o resultado inicial ao seu favor, o Celtic começou buscando o gol, mesmo que de maneira cautelosa. Aos oito minutos, Lustig lançou Griffiths em um belo lançamento longo, mas o atacante, depois de dominar, não conseguiu tirar do goleiro a tempo. O arqueiro chegou e agarrou a bola. Com 19 minutos, Tierney, usando da sua velocidade, conseguiu driblar o marcador e conseguir um cruzamento, mas Roberts acabou vendo a bola resvalar nele, indo fraco nas mãos do goleiro.

Aos 22 minutos, Roberts conseguiu cruzamento em cobrança de escanteio e Brown mandou um voleio rápido na jogada ensaiada, mas a bola passou por cima da trave. No minuto seguinte, depois de boa troca de passes, Griffiths recebeu na entrada da área, girou na marcação e arriscou de fora, mas a redonda foi para cima, dando susto na defesa adversária. 

Indo mais para o final da primeira fase da partida, os times acalmaram mais a situação do jogo, tendo menos chances e com o embate passando a ser mais físico na intermediária, com algumas faltas fortes. Roberts acabou sendo substituído por lesão ainda na metade do primeiro tempo, o que prova um pouco isso. A cautela, em criação de jogadas, também estava presente. Aos 41, depois de jogada rápida dos Hoops, Armstrong recebeu na área e chutou com a bola colada ao pé, mandando fraco para o gol, facilitando a defesa. No mesmo minuto, Griffiths aproveitou sobra de bola, e tenta chute, mas é bloqueado na pequena área. 

No fim do primeiro tempo, Tierney tentou ganhar a bola do adversário na área e acabou chutado para ser derrubado, recebendo pênalti. Na cobrança, Griffiths tirou perfeitamente do goleiro, abrindo o placar para os donos da casa nos acréscimos. 

Astana conquista empate, mas, no fim, Celtic faz o segundo de pênalti para garantir vaga

Já no começo da segunda etapa, Griffiths recebeu bela bola de Armstrong na área e, cara a cara com o goleiro, mandou na rede pelo lado de fora. Com seis minutos, novo passe em profundidade para o camisa 9 dos Hoops. Ele recebeu, avançou em direção ao gol, e chutou, mas foi bloqueado na hora certa pela marcação que se recuperou a tempo de evitar o chute.

Aos 10 minutos, o Astana conseguiu marcar um gol em cobrança de falta, porém foi marcado impedimento no desvio no meio do caminho. Com 16, depois de saída de Gordon da área para tirar a bola, no rebote, Ibraimi conseguiu dominar e chutar por cima do goleiro, para empatar tudo no Celtic Park. Os donos da casa continuaram a tentar chegar ao gol que daria a sua classificação, mas não foi capaz de dar sustos ao adversário.

McGregor, aos 34, aproveitou sobra na entrada da área, dominou e bateu pro gol, mas o goleiro, bem colocado, fez a defesa. Nos acréscimos, novamente, em boa jogada de Dembélé, o atacante é derrubado dentro da área e é marcado novo pênalti para os donos da casa. na cobrança, o próprio camisa 10 bateu e marcou seu primeiro gol com a camisa dos Hoops, classificando o time para os playoffs da CL.