Atacantes africanos ficam fora das listas de Shandong e SIPG na Champions League da Ásia

Jean Evrard Kouassi e Papiss Cissé foram descartados pelos seus times na competição asiática

Atacantes africanos ficam fora das listas de Shandong e SIPG na Champions League da Ásia
(Fotomontagem: Hugo Alves/VAVELBrasil)

Os remanescentes do futebol chinês na Champions League da Ásia divulgaram suas listas de atletas relacionados para a disputa das quartas de final nos dias 23 e 24 de agosto e 13 e 14 de setembro. Tanto Shandong Luneng quanto Shanghai SIPG deixaram de fora seus jogadores do continente africano.

A regra de estrangeiros da competição continental é diferente da utilizada na Super Liga Chinesa. A AFC utiliza o critério "3+1" enquanto a Federação Chinesa de Futebol usa o "4+1". Assim, um dos estrangeiros de ambas as equipes precisa ser descartado.

Nas fases iniciais da Champions League da Ásia, o Shandong Luneng havia descartado o atacante Aloísio. Com a saída do jogador brasileiro que foi para o Hebei e a chegada dos atacantes Graziano Pellè e Papiss Cissé, o senegalês foi o escolhido para ficar de fora da competição. Gil, Walter Montillo e Pellè serão os representantes estrangeiros do Shandong, enquanto Jucilei é o asiático.

Já o Shanghai SIPG fez apenas uma contratação, em que o atacante Hulk entrou na vaga do ganês Asamoah Gyan. Nas fases iniciais da competição continental, o marfinense Jean Evrard Kouassi já havia sido deixado de fora da lista da equipe. Para a disputa das quartas de final, o atacante de 21 anos foi mantido fora da competição. Hulk, Elkeson e Darío Conca serão os representantes estrangeiros do SIPG, enquanto o sul-coreano Kim Ju-Young é o asiático.

No dia 23 de agosto, o Shanghai SIPG faz o jogo de ida em Xangai contra os sul-coreanos do Jeonbuk Hyundai Motors. No dia seguinte, o Shandong Luneng joga fora de casa contra o FC Seoul.