Treinador do Rangers, Mark Warburton minimiza poder financeiro do Celtic

Inglês exaltou a volta de um escocês à fase de grupos da Champions League, mas que ainda falou que não se importa com os £ 22 milhões que o rival ganhará

Treinador do Rangers, Mark Warburton minimiza poder financeiro do Celtic
Foto: Mark Runnacles / Getty Images

O Celtic conquistou sua classificação à fase de grupos da Uefa Champions League nesta terça-feira (24) ao bater no agregado o time israelense Hapoel Be'er Sheva e, além da melhora do coeficiente e da volta de um clube escocês à fase depois de dois anos, o time do leste de Glasgow irá receber cerca de £ 22 milhões em prêmios e receita de televisão. Esse montante será o maior da história dos Hoops, porém, do outro lado da cidade, o técnico do Rangers, Mark Warburton, não está preocupado com essa situação do rival ao título.

Todo esse dinheiro pode acabar se transformando em cash para o Celtic gastar com contratações e reforçar o seu elenco para a disputa do título. Se esse for o caso, os outros clubes que entram nessa lista para o caneco podem ficar para trás na corrida, o que pode ser determinante para o título ao fim da temporada. Mas Mark Warburton não quer pensar nisso, além de não se preocupar com o que acontece fora do Ibrox Stadium.

"Isso [do Celtic ir à UCL] é bem positivo. É positivo porque é um clube escocês na fase de grupos novamente e seria estúpido se alguém dissesse algo diferente disso. Porém não sou eu que controlo essas situações, então não tenho por que me preocupar com Aberdeen, Hearts ou o Celtic. Nada do que controlamos aqui fará diferença em outros lugares para outras pessoas, então precisamos focar no que podemos controlar. Iremos nos preocupar com o nosso treinamento, nossas análises e etc., então por que ficar preocupado com o que acontece longe de nós?", argumentou o inglês.

Por fim, o treinador ainda falou sobre uma possível contratação do zagueiro ex-Arsenal Philippe Sanderos, que está treinando junto ao grupo. "Ele está olhando para nós e nós estamos olhando para ele, é assim que está acontecendo. Ele veio aqui e está impressionando muito. É uma pessoa com bom caráter", disse. O Rangers vem procurando um jogador na posição de zagueiro, depois da contratação de Lescott não ter dado certo.