Old Firm #402: O que mudou desde o último derby pela Premiership

Arqui-inimigos viveram momentos opostos nos últimos 4 anos

Old Firm #402: O que mudou desde o último derby pela Premiership
Foto: Clive Brunskill

Após pouco mais de 4 anos, Celtic e Rangers voltam a se enfrentar, neste sábado (10), pela Scottish Premiership. O último duelo pela competição aconteceu em 29 de abril de 2012, na qual os Hoops venceram, em casa, o arquirrival por 3 a 0.

Desde então, os clubes passaram por situações adversas neste período. Ainda nesta temporada, o Celtic acabou se sagrando campeão, enquanto o Rangers ocupou a segunda colocação. No entanto, antes do fim do torneio, os Gers estavam com enormes dívidas e não possuíam dinheiro para pagá-las. Isso fez com que o clube viesse a abrir falência. Com isso, ele foi adquirido por um grupo de torcedores e refundado, mas para permanecer na primeira divisão, precisa do aval de todos os demais clubes da liga. Por unanimidade, o pedido foi rejeitado e o Rangers foi rebaixado à quarta divisão do campeonato, chegando, literalmente, ao fundo do poço.

Por outro lado, o Celtic reinou absoluto na Premiership das temporadas seguintes. Em 2012-13, enquanto via o rival começando a dura vida na última divisão nacional, os Hoops conseguiram avançar as oitavas de final da Champions League, mas acabaram sendo eliminados pela Juventus. No campeonato escocês, terminaram 16 pontos a frente do segundo colocado.

Como já era de se esperar, o Rangers, mesmo em reconstrução, passeou pela quarta divisão, se tornando campeão com 24 pontos de vantagem e conseguindo o acesso a terceira divisão. Em 2013-14, os Gers foram mais soberanos ainda terminando o campeonato com incríveis 39 pontos de diferença do vice-campeão.

Enquanto isso, os Hoops alcançavam, sem sustos, o tricampeonato escocês. Em 2014-15, Neil Lennon, que havia deixado o cargo de técnico, foi substituído pelo norueguês Ronny Deila. Na Champions, o Celtic não conseguiu chegar à fase de grupos, mas conquistou o campeonato nacional mais uma vez.

No lado do Rangers, essa sequência de acessos foi interrompida na seguinda divisão, onde enfrentou adversários um pouco mais tradicionais como Hearts e Hibernian. Com isso, o clube do lado azul de Glasgow terminou o torneio na terceira colocação, na zona dos play-offs, mas acabou sendo derrotado pelo Motherwell e viu o sonho de retornar a elite naquele ano escapar.

Um pouco antes, os arquirrivais voltaram a protagonizar o Old Firm, pelas semifinais da Copa da Liga, no Hampden Park. O Celtic venceu o jogo por 2 a 0.

Na temporada seguinte, ambos terminaram na primeira colocação de suas respectivas divisões e o Rangers, enfim retornava a primeira divisão. Antes disputaram outro clássico, desta vez pelas semifinais da Copa da Escócia e os Gers venceram o arquirrival nos pênaltis.

Com o acesso, os Teddy Bears buscaram se reforçar com nomes experientes e conhecidos para acabar com o reinado verde e branco. Os Bhoys também vêm empolgados, após verem sua confiança resgatada por Brendan Rodgers e, neste sábado, vamos sentir novamente o sabor inconfundível do Old Firm na Premiership.