Beijing Guoan pensa em Dunga para treinar o clube em 2017

Equipe de Pequim é comandada por treinador interino desde maio

Beijing Guoan pensa em Dunga para treinar o clube em 2017
Foto: Suhaimi Abdullah/ Getty Images

O Beijing Guoan, atual quinto colocado da Super Liga Chinesa, pensa em contar com o técnico Dunga para a temporada 2017. A equipe dos meias Ralf e Renato Augusto é comandada pelo interino Xie Feng desde 21 de maio, quando o italiano Alberto Zaccheroni foi demitido do cargo.

Segundo reportagens do GloboEsporte.com e da ESPN, o meia Renato Augusto foi consultado por dirigentes do clube antes de sua apresentação à seleção brasileira para os jogos contra Bolívia e Venezuela. Além de Dunga, o ex-jogador de Flamengo e Corinthians ainda foi questionado sobre os técnicos Rogério Micale e o italiano Roberto Mancini. Ainda segundo os registros, o meia teria dado aval aos dirigentes do Guoan a iniciar conversas com o capitão do tetracampeonato mundial em 1994.

Dunga está sem clube desde 14 de junho, quando foi demitido do comando da seleção brasileira após o fiasco na Copa América Centenário, nos Estados Unidos. Além das duas passagens pela seleção, Dunga também treinou o Internacional durante o ano de 2013 e enquanto jogador, teve uma passagem pelo Jubilo Iwata, do Japão, entre 1995 e 1998.

Enquanto pensa em qual treinador investir para a próxima temporada, o Beijing Guoan se prepara para o fim da temporada chinesa. Em quinto lugar com 37 pontos, seis a menos que o quarto Shanghai SIPG, a equipe de Pequim ainda nutre esperanças de se classificar para a Champions Asiática em 2017. Na próxima rodada, o Guoan viaja para enfrentar o lanterna Changchun Yatai fora de casa.