Bale marca, mas Gales sofre gol no fim e fica no empate com a Sérvia pelas Eliminatórias

Resultado não foi bom para a equipe da casa, que continua em terceiro lugar no grupo

Bale marca, mas Gales sofre gol no fim e fica no empate com a Sérvia pelas Eliminatórias
Foto: Divulgação/Fifa
País de Gales
1 1
Sérvia
País de Gales: Hennessey, Gunter, Taylor, Williams, Chester; Ledley (Edwards, min. 84), Kanu (Lawrence, min. 68), Allen, Ramsey; Bale e Vokes. Técnico: Chris Coleman
Sérvia: Stojkovic, Ivanovic, Rukavina, Obradovic, Maksimovic, Nastasic; Matic, Tadic, Milivojevic, Kostic (Katai, min. 70); Mitrovic (Gudelj, min. 88). Técnico: Slavoljub Muslin
Placar: 1 - 0, min. 30, Bale. 1 - 1, min. 85, Mitrovic
ÁRBITRO: Alberto Undiano (ESP). Cartões Amarelos: Bale (min. 35), Nastasic (min. 45+1), Allen (min. 54), Ledley (min. 69), Stojkovic (min. 87), Williams (min. 90)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 4ª rodada das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo 2018. Partida realizada no Cardiff City Stadium, em Gales.

País de Gales e Sérvia se enfrentaram neste sábado (12) em jogo válido pela quarta rodada das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, no Cardiff City Stadium, em Gales.  A Sérvia, vice-lider do grupo, encarava Gales, uma posição abaixo. Com o empate por 1 a 1 a situação das equipes não se alterou.

Alberto Undiano (ESP) foi o árbitro do confronto. Gareth Bale, para Gales, e Mitrvoc, para a Sérvia, marcaram os gols do confronto.

Com gol de Bale, Gales abre vantagem sobre a Sérvia

Jogando em seus domínios e com apoio da torcida, a seleção britânica buscou pressionar a Sérvia nos minutos iniciais e, através de seu principal jogador, Gareth Bale,  criou oportunidades de perigo para a meta adversária, no entanto sem qualquer sucesso. Os visitantes responderam rapidamente e após cobrança de escanteio, Taylor, em cima da linha, evitou aquele que poderia ter sido o primeiro gol do confronto, depois de uma cabeçada de Ivanovic.

O time da casa continuou trocando passes até encontrar algum espaço, mas a defesa sérvia estava bem compactada, até que Kanu aproveitou um erro defensivo da equipe adversária e assistiu Bale, que tirou do goleiro para abrir o marcador.  A equipe comandada por Muslin tentou buscar o empate ainda na etapa inicial, mas Hennessey executou uma boa defesa em finalização de Matic, pouco antes do intervalo.

País de Gales diminui ritmo e sofre empate nos minutos finais

No retorno para a etapa complementar, Gales prosseguiu ditando o ritmo do confronto, principalmente através de seus jogadores mais criativos – Allen, Ramsey e Bale – além de Robson-Kanu, bem participativo na partida.

Posteriormente as equipes ficaram se estudando, os mandantes cadenciando a posse de bola e tentando explorar os erros defensivos adversários, enquanto a Sérvia visando o empate tentou algumas jogadas, sem qualquer sucesso. Contento com o resultado, Chris Coleman promoveu algumas alterações para tentar assegurar a vantagem, promovendo a entrada de Lawrence no lugar de Kanu, que teve boa participação no jogo, além de ter dado a assistências para Bale.

A passividade de País de Gales fez com que os visitantes ganhassem confiança e aos 40 minutos da etapa final, Rukavina cruzou para a área e Mitrovic, centroavante clássico, finalizar e empatar a partida, garantindo o empate.