Elogiado no Celtic, atacante Sinclair vive esperança de ser convocado pela Inglaterra

Atleta tem gostado de seu futebol nos últimos meses, marcando 10 gols em 20 aparições pelos Hoops

Elogiado no Celtic, atacante Sinclair vive esperança de ser convocado pela Inglaterra
Foto: Matthew Ashton - AMA / Getty Images

Scott Sinclair é um atacante inglês que surgiu como promessa do país junto com a ascenção do Swansea para a Premier League. Em 2012, foi vendido ao Manchester City para poder continuar com tal processo de desenvolvimento, mas acabou não rendendo tanto. O jogador, por exemplo, nunca vestiu a camisa do English Team, tendo apenas participado de jogos no sub-21. 

Após os Citizens, Sinclair teve passagem pelo Aston Villa, até que foi contratado pelo Celtic, em agosto. Desde então, foram nove jogos como titular na Scottish Premiership e nove gols - teve outras duas aparições vindo do banco. Também marcou um gol na Copa da Liga, totalizando 10 tentos em 20 jogos ao todo. O atleta também contribuiu com a forma de jogador dos Hoops e anda recebendo muitos elogios por suas performances. Isso, porém, deixa Scott esperançoso com chamadas para a Seleção Inglesa, como disse em entrevista.

"Se minha hora chegar, será no momento certo", comentou o inglês. "Porém, no momento, apenas me concentro jogo após jogo e mostrar do que sou capaz, o que ando gostando muito. Então, se acabar por ser convocado pela Inglaterra, seria sensacional - ainda tenho ambição de defender meu país", revela. 

Com passagens decepcionantes pelo City e Villa, Sinclair afirma que o Celtic veio no momento certo de sua carreira, acreditando que o clube iria proporcionar uma volta por cima, tendo a chance de mostrar que tem capacidade. O fato dos Bhoys jogarem a Champions League também pesou na decisão.

"Eu estou aproveitando e gostando do meu futebol novamente, e isso foi o principal motivo de vir ao Celtic. Desde então não olho para trás", declara. "[Em relação à convocação] Não vejo motivos para impedir que aconteça, principalmente se você mostra grande nível jogando na Champions League - o que ando tentando mostrar", acrescenta o jogador de 27 anos. 

Por fim, Sinclair não sabe dizer se suas atuações são suficientes para ser chamado, crendo que isso cabe a Southgate - técnico interino dos ingleses após demissão de Sam Allardyce, ou qualquer um que esteja no comando. "Você tem de perguntar ao comandante da Inglaterra. Tudo o que posso fazer é concentrar-me no meu futebol e jogar o melhor que eu possa", finalizou.