Com retorno de Higuaín, Juventus encara Genoa para manter 'gordura' na liderança da Serie A

Em busca da quinta vitória consecutiva, Massimiliano Allegri irá com força total a Gênova; equipe rossoblù terá desfalques importantes para enfrentar a Vecchia Signora

Com retorno de Higuaín, Juventus encara Genoa para manter 'gordura' na liderança da Serie A
Foto: Getty Images
Genoa
Juventus
Genoa: Perin; Burdisso, Izzo, Gentilleti (Muñoz); Edenílson, Rincón, Laxalt, Ntcham (Lazovic); Rigoni, Pandev (Simeone), Ocampos. Técnico: Ivan Juric.
Juventus: Buffon; Daniel Alves, Rugani (Benatia), Bonucci, Evra; Khedira, Pjanic, Marchisio; Cuadrado, Mandzukic (Higuaín), Alex Sandro. Técnico: Massimiliano Allegri.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 14ª rodada da Serie A, a ser realizada no estádio Luigi Ferraria, em Gênova, na Itália.

Neste domingo (27), no estádio Luigi Ferraris, em Gênova, o Genoa irá encarar a Juventus, às 12h (de Brasília), em partida válida pela 14ª rodada da Serie A. Com as voltas de Gonzalo Higuaín e Medhi Benatia, Massimiliano Allegri irá com força total ao jogo. Por outro lado, a equipe rossoblù terá desfalques importantes, como Leonardo Pavoletti, machucado, e os suspensos Miguel Veloso e Lucas Orban.

A Juventus lidera com folga a Serie A, tendo 33 pontos, sete de distância da segunda colocada Roma, com 26. Já o Genoa, com um jogo a menos, está no meio da tabela, ocupando a 12ª colocação, somando 16 pontos. 

Na próxima rodada, a Vecchia Signora irá encarar uma das surpresas do campeonato, a Atalanta, em casa, no próximo sábado (3). Já o Genoa terá um compromisso do meio da semana pela Copa Italia, quando enfrentará o Perugia, quinta-feira (1º). Pela Serie A, os comandados de Ivan Juric entrarão em campo somente na segunda-feira (0), para jogar contra o Chievo, em Verona.

Sem Dybala, Juventus conta com as voltas de Higuaín e Benatia

Apesar de Massimiliano Allegri ter recebido a notícia das baixas de Paulo Dybala e Mario Lemina, o comandante juventino pode ficar aliviado, pois o departamento médico confirmou as voltas de Gonzalo Higuaín e Medhi Benatia – ambos estavam lesionados. Por outro lado, ambos jogadores não estão 100%, cabendo somente ao treinador escolher se vão para o banco de reservas ou começarão como titular.

A dúvida sobre o retorno do argentino foi respondida por Allegri, em entrevista coletiva. "Higuaín está disponível, então vamos ver se irei colocá-lo desde o início ou como um substituto", disse. O treinador bianconero tem até posição acertada se caso Higuaín for iniciar o jogo. "Se Higuain for iniciar, ele vai estar ao lado de Mandzukic. Se não, vai ser o mesmo ataque que enfrentou o Sevilla", analisou.

Já que o argentino não está 100% confirmado entre os titulares para o jogo diante do Genoa, há possibilidades de Allegri colocar entre os 11 iniciais Moise Kean, de 16 anos, a nova joia da Juventus. O treinador, contudo, não deu pistas. "Ele faria um bom jogo, porque ele realmente melhorou recentemente. É um jogador no plantel, como todos os outros", afirmou.

Por outro lado, Massimiliano Allegri deu certeza que poderá haver modificações na defesa da Vecchia Signora, já que Giorgio Chiellini, que entrou no finalzinho do jogo contra o Sevilla, estará no banco de reservas novamente. Isso colocou um ponto de interrogação na cabeça do comandante, que não decidiu ainda quem irá a campo, Daniele Rugani ou Medhi Benatia. "Giorgio Chiellini não vai jogar, por isso é tanto Daniele Rugani ou Benatia", afirmou.

Por fim, Allegri foi muito cauteloso com a equipe do Genoa. "Vai ser uma batalha amanhã, já que o Genoa é muito agressivo, precisamos combatê-los em seus próprios termos. No meu primeiro ano na Juventus, perdemos contra o Genoa, por isso esta é uma rodada importante. Devemos permanecer concentrados", alertou o treinador.

Com desfalques importantes, Genoa tenta bater a líder

Ivan Juric teve problemas para treinar sua equipe nesta semana para enfrentar a Juventus, no Luigi Ferraris. Precisando muito da vitória para não se distanciar do G-5, o croata irá ter que montar os onze titulares para esta importante partida sem dois de seus principais atletas: Leonardo Pavoletti e Miguel Veloso.

O atacante e artilheiro da equipe, com três gols, Pavoletti se machucou na derrota para a Lazio, por 3 a 1, tendo que ficar três semanas afastado. Já o meio-campista português, viu seu terceiro cartão amarelo também no último jogo, pegando uma partida de gancho.

Outro problema que Juric teve que lidar é na sua defesa. Pois contra a equipe da capital, no final da partida, o argentino Lucas Orban foi expulso após ter chutado seu adversário sem bola. O resultado da atitude antidesportiva do jogador foi um gancho de três partidas

O treino de Juric foi secreto, deixou o suspense pairar no centro de treinamento rossoblú, em Gênova. O comandante não deixou pistas de quem irá substituir Orban, ou quem irá entrar nos lugares de Miguel Veloso e Pavoletti. Os últimos treinamentos preparatórios ao jogo foi um 11 contra 11 em campo reduzido entre os atletas genoveses.

Para o lugar de Orban, certamente entrará outro argentino, pois ambos que vão brigar pela posição são compatriotas: Santiago Gentiletti e Ezequiel Muñoz. O primeiro entrou em campo em quatro oportunidades, enquanto o segundo, em sete. No lugar de Miguel Veloso há mais opções: Jules Ntcham, Darko Lazovic ou Nikola Ninkovic. No ataque, o substituto de Pavoletti poderá ser: o experiente Goran Pandev ou a joia do Genoa, Giovanni Simeone.