Com retorno de Alan Ruschel aos gramados, Chapecoense decide Joan Gamper contra Barcelona

Partida marca a volta de Alan Ruschel aos gramados, um dos seis sobreviventes da tragédia que matou 71 pessoas na Colômbia

Com retorno de Alan Ruschel aos gramados, Chapecoense decide Joan Gamper contra Barcelona
(Foto: Josep Lago/Getty Images)
Barcelona
Chapecoense
Barcelona: ter stegen, nelson semedo, gerard pique, samuel umtiti, jordi alba; sergio busquet, sergi roberto, andres iniesta; lionel messi, paco alcacer e luis suárez. técnico: ernesto valverde
Chapecoense: artur moraes; apodi, victor ramos, luiz otávio, reinaldo; lucas mineiro, moises gaucho, lourency, nenen, alan ruschel e welligton paulista. técnico: vinícius rutrópio
INCIDENCIAS: partida válida pelo troféu joan gamper. partida a ser realizada no estádio camp nou, catalunha, espanha, às 15h30 (horário de brasília).

Na próxima segunda-feira (7), o mundo estará com os olhos voltados para a Espanha, mais precisadamente para o Camp Nou. O Barcelona enfrenta a Chapecoense, às 15h30 (horário de Brasília) pela 52ª edição do Troféu Joan Gamper, um torneio amistoso que tradicionalmente é promovido pelo clube catalão antes do início da temporada.

O Barça fez o convite a equipe do Oeste Catarinense de forma solidária com o intuito de ajudar os familiares das vítimas do acidente aéreo, que aconteceu em novembro do ano passado, que acabou deixando 71 pessoas mortas, entre jogadores, comissão técnica, dirigentes e jornalistas, nas proximidades de Medellín, na Colômbia.

A partida também serve como apresentação do elenco do clube Blaugrana para seus torcedores, mas que dessa vez não vai contar com uma de suas estrelas: o brasileiro Neymar, que se transferiu para o Paris Saint-Germain-FRA, nesta semana.

Último desafio da pré-temporada do Barcelona e um substituto para Neymar

A temporada 2016/2017 não foi a das melhores para o Barça. O clube com o seu enorme número de estrelas no plantel, conquistou apenas a Copa do Rei, competição que tem menos peso e importância se for comparada à liga espanhola. Além de ter tido pouco êxito na busca de títulos, viu o seu maior rival, o Real Madrid, vencer o Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões, o que fez aumentar a insatisfação e pressão de seus torcedores.

O time azulgrana vem dos Estados Unidos, onde disputou a International Champions Cup da América do Norte, um torneio de pré-temporada que o fez enfrentar grandes clubes europeus, como a Juventus-ITA, algoz da última Liga dos Campeões, o Manchester United-ENG e encarar o superclássico com o Real Madrid-ESP. Mas diferente do que aconteceu na última temporada, o Barcelona teve um ótimo aproveitamento e conseguiu manter o 100% de aproveitamento nos jogos e consequentemente despertou um sentimento de esperança no torcedor culé na próxima temporada.

A preparação para a temporada 2017/2018 continua. Depois de um empate em jogo treino contra o modesto Nàstic, todos os jogadores da equipe principal voltaram a treinar na Ciudad Deportiva, com exceção de Vermaelen e André Gomes, que se machucaram durante a partida e ficarão sobre observação sem previsão de volta. O jogo contra a Chape é o último desafio antes do primeiro jogo oficial da temporada, que será contra o Real Madrid, pela Supercopa da Espanha, no dia 13.

A atual janela de transferencia não está sendo positiva para os catalães. A única contratação feita até o momoento, foi o lateral-direto Nelson Semedo, além do português, o Barça excerceu seu direito de recompra e trouxe de volta Gerard Deulofeu. Alguns jogadores, como Douglas, Sergi Samper e Munir El Haddadi, voltam de empréstimos e reforçam o plantel dos comandados por Ernesto Valverde.

Mas sem dúvida nenhuma, o destaque se deu por conta da venda de Neymar ao PSG, por 222 milhões de euros. Após muitas especulações e boatos, a contratação foi oficializada na última quinta-feira (3), através das redes sociais. Agora o clube busca um substituto para a vaga deixada pelo camisa 11. Nomes como o de Paulo Dybala, da Juventus, Philippe Coutinho, do Liverpool-ENG e Ousmane Dembelé, do Borussia Dortmund-ALE, já foram sondados no clubes.

(Foto: Ira L. Black/Getty Images)
(Foto: Ira L. Black/Getty Images)

Chapecoense dividirá elenco para os seus próximos compromissos

A Chape vive um 2017 entre altos e baixos. Foi campeã do Campeonato Catarinense no começo do ano, mas em seguida acabou sendo eliminada da Libertadores causada por uma escalação irregular. Mas a eliminação ainda lhe garantiu uma vaga na Copa Sulamericana, da qual recentemente passou de fase batendo o Defensa y Justicia-ARG, nos pênaltis. No Brasileirão, a campanha do alviverde catarinense é bastante irregular. Atualmente a equipe ocupa a 14ª posição, com 22 pontos, apenas três pontos acima da zona de rebaixamento.

A Chapecoense começou na sexta-feira (4) sua excursão pela Europa com uma rápida passagem pelo continente asiático, onde encara Barcelona, LyonRoma e Urawa Red Diamonds, pela Copa Suruga. Por conta dos jogos pelo Campeonato Brasileiro, a diretoria juntamente com o técnico Vinícius Eutrópio, preferiu dividir o elenco para a sequência de jogos e viagens. Uma metade segue para Europa e Ásia, enquanto a outra metade segue para capital paranaense, onde o clube enfrenta o Coritiba, hoje.

A primeira parte do elenco, com 15 jogadores,  viajou com antecedência para Catalunha. Desses 15 apenas 2 jogadores fazem parte do time titular - Reinaldo e Apodi, que estão suspensos para a próxima partida na competição nacional. A lista também conta com Wellington Paulista, Victor Ramos, Artur Moraes e Luiz Otávio, que já figuraram entre os 11 verde e branco.

A certeza é que Alan Ruschel vai reestreiar no futebol após 252 dias que marcam a tragédia ocorrida na Colômbia. 

"Minha vontade de voltar é tão grande que até esqueço que vou jogar contra Messi, Suarez, os melhores do mundo. Vai ser um sonho realizado. Jogo com eles no video game, torço por eles, vejo os jogos na Champions, e estar ali será um sonho. É um jogo que vai acontecer, infelizmente, por uma tragédia, mas, já que estaremos ali, vamos encarar da melhor maneira perto dos ídolos.", declarou Alan.

E para histórica ocasião, a Chape terá um traje bastante especial. O time usará uma nova e exclusiva camisa, na próxima segunda-feira.  A nova peça é predominantemente branca e tem 73 estrelas espalhadas por todo o uniforme representando o ano de fundação do Verdão do Oeste.

(Foto: Nelson Almeida/Getty Images)
(Foto: Nelson Almeida/Getty Images)