Ainda sem substituto para Neymar, Barça recebe Real Madrid pela ida da Supercopa da Espanha

Sem um nome de peso para a posição do brasileiro, culés tentam abrir vantagem visando o bicampeonato do torneio

Ainda sem substituto para Neymar, Barça recebe Real Madrid pela ida da Supercopa da Espanha
Foto: Icon Sportswire/Getty Images
Barcelona
Real Madrid
Barcelona: Ter Stegen; Vidal, Piqué, Umtiti, Alba; Rakitic, Busquets, Iniesta; Messi, Suárez, Deulofeu.
Real Madrid: Navas; Carvajal, Varane, Ramos, Theo; Casemiro, Kroos, Kovacic, Isco; Benzema, Ronaldo.
Placar:
ÁRBITRO: De Burgos Bengoetxea.
INCIDENCIAS: Partida de ida válida pela Supercopa da Espanha 2017. Realizada no Estádio Camp Nou, em Barcelona, na Espanha.

Maiores vencedores da competição que inicia a temporada na Espanha, Real Madrid e Barcelona dão o pontapé inicial em busca do título da Supercopa da Espanha neste domingo (13), no Estádio do Camp Nou. O duelo de volta acontece na quarta-feira, no Santiago Bernabéu.

A última vez que madridistas e catalães decidiram a Supercopa acontece há cinco anos. Na ocasião, o Barça derrotou os merengues em sua casa por 3 a 2. Mas em Madrid, o triunfo dos donos da casa por 2 a 1 garantiu a taça para o Real Madrid, por conta dos dois tentos anotados na Catalunha.

+Modric desfalca Real Madrid na Supercopa da Espanha por expulsão de três anos atrás

Nada de Coutinho ou Dembélé, Gerard Deulofeu será o companheiro de Luis Suárez e Lionel Messi no setor ofensivo catalão no Camp Nou. Após as recusas de Liverpool e Borussia Dortmund, o Barcelona não conseguiu concluir a tempo o plano de acertar a contratação de um atacante antes do primeiro El Clásico oficial da temporada. Em contrapartida, Ernesto Valverde ganhou uma ótima notícia no fim da semana: o retorno de Andrés Iniesta aos treinamento, deixando viva a possibilidade do meio-campista iniciar o confronto. 

A Supercopa coloca frente à frente o vencedor da Copa do Rei (Barcelona) e o campeão da Liga (Real Madrid)

Para abrir uma boa vantagem rumo ao título, o Barcelona terá que quebrar um 'mini-tabu' no Camp Nou. Mesmo atuando em sua casa, os catalães não conseguiram derrotar seu arquirrival na temporada passada. Duas partidas foram realizadas, com uma vitória madridistas e um empate. Na pré-temporada realizada nos Estados Unidos no mês passado, o Barcelona foi superior durante boa parte da partida, e derrotou o Real por 3 a 2.

+Protagonista na primeira etapa, Deulofeu enaltece Chapecoense: "São heróis"

De volta à decisão da Supercopa após quatro temporadas, o Real Madrid chega com moral não apenas por ter conquistado recentemente a Uefa Champions League, mas também por já ter conquistado um troféu nesta jornada. Na última terça-feira (8), os comandados de Zinedine Zidane foram superiores e derrotaram o Manchester United na Macedônia, garantindo o bicampeonato da Uefa Super Cup

Em ótima fase, Isco segue como titular, deixando Gareth Bale no banco de reservas

Sem contratações 'bombásticas' e mantendo as principais peças de seu elenco, os merengues devem ter poucas mudanças em relação a equipe que atuou na última temporada. Suspenso por uma expulsão na Supercopa de 2014, Modric desfalca o meio-campo madridista, e deve ser substituído por Kovacic, que foi bem durante a pré-temporada. A outra mudança pode acontecer na lateral-esquerda: Marcelo deve dar a lugar à Theo, contratado junto ao Alavés e que deve ganhar sua primeira grande oportunidade pelo Real.

Otimista com sua equipe, Valverde diz estar 'analisando perfis' para formar seu trio ofensivo

Após golear a Chapecoense na decisão do Troféu Joan Gamper na última segunda-feira (7), Ernesto Valverde projetou a primeira grande decisão da temporada diante do rival Real Madrid, que também marca sua estreia oficial como treinador azul-grená. 

"Acredito que chegamos bem para o clássico. Mas vejo que todo o mundo espera o resultado. Chegamos muito bem. Nos preparamos bastante durante toda a pré-temporada para esta partida. Com o que fizemos nos Estados Unidos, nos restam quatro dias de preparação. Esperamos chegar em forma para ir adiante, mas há que reconhecer o nível do adversário", disse o treinador.

+Para repor saída de Neymar, Barcelona pretende tirar Paulo Dybala da Juventus

Sem esconder que está há procura de novos nomes para seu plantel, Ernesto ainda evitou comentários envolvendo o nome de Neymar: "Ele foi um grande jogador para o clube, mas se foi. E nós temos que olhar para frente. Não me interessa olhar para o que é passado. O que queremos é ver os jogadores que temos e resolver os problemas que possam surgir. Em relação aos reforços, tenho analisando alguns perfis na equipe que possam encaixar no ataque, mas estamos nos movimentando no mercado. Há acontecimentos que podem mudar a formação do elenco", concluiu.

Valverde pisou pela primeira vez no Camp Nou, como técnico do Barça, em partida contra a Chape (Foto: VI-Images/Getty Images)
Valverde pisou pela primeira vez no Camp Nou, como técnico do Barça, em partida contra a Chape (Foto: VI-Images/Getty Images)

Zinedine Zidane exalta espírito vencedor de sua equipe

Bicampeão da Uefa Super Cup, o Real Madrid inicia mais uma temporada conquistando títulos. Novamente com Zidane à frente do clube e praticamente com o mesmo elenco, os madridistas seguem moldando e ampliando a 'fome por títulos', como destacou o treinador francês: "Celebramos muito esta conquista, algo normal, pois não nos cansamos de vencer. O segredo para vencer uma equipe tão forte como o United é realizar as coisas simples com excelência, como manter a posse de bola, fazer uma alta pressão, simplesmente não deixar o adversário jogar", disse o técnico. 

+Eleito o melhor em campo, Isco comemora título e diz que renovação está próxima

Em busca agora de um título inédito para a sua recente carreira como técnico, Zinedine falou sobre a decisão da Supercopa da Espanha: "Há muitas equipes na Europa que podem nos impor dificuldades. O que queremos é manter nosso ritmo e permanecer vencendo as partidas, mas há adversários que podem nos derrotar. A cada três dias iremos ter que dar nosso máximo em campo. Isso é complicado, e nesta temporada será bem mais difícil para nós, que já temos no domingo uma partida importantíssima. Queremos seguir conquistando títulos. É o que queremos", completou.

Zidane conquistou seu sexto título como treinador do Real (Foto: Amin Mohammad Jamali/Getty Images)
Zidane conquistou seu sexto título como treinador do Real (Foto: Amin Mohammad Jamali/Getty Images)

Futebol Internacional