Em provável estreia de Mbappé, PSG visita Metz para manter liderança da Ligue 1

Ex-Monaco, jovem atacante deve formar trio com Neymar e Cavani; FC Metz ainda não pontuou nesta edição da Ligue 1 e segue como favorito ao rebaixamento

Em provável estreia de Mbappé, PSG visita Metz para manter liderança da Ligue 1
Arte: VAVEL Brasil
Metz
PSG
Metz: Kawashima; Balliu, Bisevac, Wollscheid, Assou-Ekotto; Poblete, Cafu; Nguette, Cohade, Fernandez; Rivière.
PSG: Trapp; Meunier (Daniel Alves), Kimpembe (T. Silva), Marquinhos, Kurzawa (Berchiche); Nkunku, Rabiot, Lo Celso; Neymar, Cavani (Draxler), Mbappé.
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA QUINTA RODADA DA LIGUE 1. LOCAL: STADE SAINT-SYMPHORIEN, EM METZ, FRANÇA.

Nesta sexta-feira (08), a quinta rodada do Campeonato Francês será aberta com um duelo de extremos no Stade Saint-Symphorien. Em casa, o Metz, lanterninha da competição, recebe a visita do líder Paris Saint-German, em confronto que também deve contar com a primeira aparição de Kylian Mbappé com a camisa do clube da capital.

O PSG não está sozinho na liderança, é verdade. Com 100% de aproveitamento após quatro rodadas, a equipe possui os mesmos 12 pontos do vice-líder e atual campeão Monaco, mas leva vantagem no saldo de gols. O Metz, por sua vez, mal iniciou a Ligue 1 e já vive situação complicada: com quatro jogos e quatro derrotas, a equipe ainda não somou nenhum ponto e está na lanterna.

PSG conta com Neymar e estreante Mbappé para tentar manter liderança

A semana de Unai Emery não foi marcada apenas por boas notícias. Para a partida, o treinador não poderá escalar Di Maria, que lesionou-se durante jogo da Argentina na última terça (05), e Marco Verratti, que recebeu um cartão vermelho contra o Saint-Etiénne e está suspenso. Além disso, o volante ítalo-brasileiro Thiago Motta é dúvida por lesão, mas está relacionado.

Enquanto isso, porém, Emery deve ter aberto o sorriso com duas novidades: contratado por empréstimo de um ano com opção de compra no valor de €180 milhões, Mbappé pode estrear já formando poderoso trio de ataque com as estrelas Cavani e Neymar. O brasileiro Lucas Moura é outro que estará à disposição após se recuperar de lesão no tornozelo esquerdo.

Mbappé e Neymar se divertem em treino do PSG: ambos devem ser titulares amanhã (Foto: Getty Images)
Mbappé e Neymar se divertem em treino do PSG: ambos devem ser titulares amanhã (Foto: Getty Images)

Ainda há certa dúvida sobre a presença de alguns jogadores que retornaram tarde da pausa internacional para a Data Fifa. O próprio Cavani e os defensores brasileiros Thiago Silva e Daniel Alves são alguns dos nomes que podem ficar no banco de reservas por motivos de desgaste.

Em entrevista, o técnico praticamente confirmou Mbappé entre os titulares e como pretende usá-lo: "É um jogador que pode jogar em várias posições, como centroavante, aberto pela direita ou esquerda. Ele está pronto para jogar, treinou com a gente. Ele está bem e pode estar no grupo que começará a partida. É o que queremos".

Emery também falou sobre possíveis mudanças no esquema tático do PSG, dado os desfalques no meio campo: "A força desta equipe sempre foi o seu meio-campo com a capacidade de ter a posse da bola. Queremos manter isso, mas vamos buscar o equilíbrio entre ataque e defesa. Com os nossos novos jogadores ofensivos, é um trabalho importante. Vamos tentar fazer o melhor, mas vai ser um monte de jogos, vamos usar todos os jogadores e vários sistemas", disse.

No entanto, uma possível subestimação do adversário foi descartada rapidamente. "Temos o objetivo de ganhar o campeonato. Devemos manter o nosso nível ao longo do ano. É complicado e vamos continuar com a mesma exigência em Metz. No ano passado, eles fizeram um jogo equilibrado contra nós. Temos respeito por todas as equipes", frisou.

Pessimista, Metz tenta o improvável dentro de casa

Do outro lado, o treinador do Metz, Philippe Hinschberger, ainda não deve promover a estreia do alemão Philipp Wollscheid no miolo de zaga, mas sim as de Matthieu Dossevi, ex-Standard Liége, e Emmanuel Rivière, ex-Osasuna. 

Apesar da necessidade de extrema de começar a pontuar, Hinschberger expressou seu pessimismo antes de enfrentar os líderes. "Temos apenas 10% ou 15% de arrancar um ponto do Paris Saint-German", afirmou o sincero treinador.

O Metz conta com alguns jogadores conhecidos do futebol francês, como Cohade e o atacante Roux. Assou-Ekotto, famoso lateral-esquerdo, está relacionado e deve começar como titular.