Após 'folga' no fim de semana, Roma inicia trajetória na UCL diante do Atlético de Madrid

Equipe de Eusébio Di Francesco não entrou em campo pela Serie A no final de semana por por conta de um temporal

Após 'folga' no fim de semana, Roma inicia trajetória na UCL diante do Atlético de Madrid
Depois de ficar de fora da competição na temporada passada, Roma abre sua participação contra um dos finalistas dos últimos anos (Foto: NurPhoto/Getty Images)
Roma
Atlético de Madrid
Roma: Alisson Becker; Florenzi, Manolas, Juan Jesus, Kolarov; Strootman, De Rossi, Nainggolan; Defrel, Dzeko, Perotti. Técnico: Eusebio Di Francesco.
Atlético de Madrid: Oblak; Juanfran, Godín, Giménez, Filipe Luís; Koke, Gabi, Ñíguez, Carrasco; Griezmann, Torres. Técnico: Diego Simeone.
ÁRBITRO: Milorad Mazic (Sérvia).
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada do Grupo C da Uefa Champions League, a ser realizada no Estádio Olímpico, em Roma, Itália.

A Roma recebe nesta terça-feira (12), às 15h45, o Atlético de Madrid, no Estádio Olímpico, em partida válida pela primeira rodada do Grupo C dada Uefa Champions League. Em uma chave relativamente complicada, os romanos têm a missão de enfrentar uma das potências do futebol espanhol e que costuma ser um rival difícil de ser batido na UCL.

Depois de ter o jogo contra a Sampdoria, em Gênova, pela terceira rodada da Serie A, ser adiado por conta de temporais que assolam a Itália, a equipe de Eusébio Di Francesco voltou a treinar nessa segunda-feira, na capital da Bota. As chuvas deram uma trégua, e o clima para o jogo contra os espanhóis é de céu limpo, com 0% de chances de chuva e temperatura agradável na casa dos 22°. Por outro lado, as chances de a Roma vencer o confronto só depende deles mesmos, como disse o treinador na coletiva de imprensa.

"Quero uma equipe com muita determinação na partida. Será uma batalha dentro de campo. O Atlético tem sua própria identidade física, técnica e mental. Eles sabem como alcançar os seus objetivos" lembrou Di Francesco.

Já os visitantes chegaram à capital italiana e já foram fazer o reconhecimento do gramado no Estádio Olímpico. Griezmann e companhia fizeram um treino leve com o uniforme criado apenas para os aquecimentos pré jogos de Champions, na cor rosa.

Após a visita ao estádio, o técnico Diego Simeone também concedeu entrevista coletiva. Experiente e conhecedor do Calcio, por ter atuado muitos anos na Internazionale, El Cholo disse conhecer o estilo do futebol do rival, além de saber de sua força dentro de casa.

"Nós sabemos da importância deste jogo. Toda a festa e incentivo é importante para nós. A Roma é uma ótima equipe e esse tipo de apoio significa muito para o time. Entretanto, devemos estar atentos pois sabem jogar futebol, parecido com o nosso", disse o comandante. 

Retrospecto em suas ligas

Mesmo tendo uma partida a menos no campeonato italiano, o que pode ser considerado uma vantagem por conta de terem descansado no final de semana, os romanos vêm de uma derrota para a Internazionale por 3 a 1 em pleno Olímpico. Na primeira rodada, os giallorissi venceram a Atalanta, em Bérgamo por 1 a 0.

Já os rivais Madri, vem de um 0 a 0 contra o Valencia fora de casa. Antes do empate, os colchoneros venceram o Las Palmas por 5 a 1 fora de casa com dois gols do meio-campista, Koke.

Para ficar de olho

O trunfo dos romanos está em Edin Dzeko, o bósnio ainda não marcou nesta edição do campeonato italiano, mas na temporada 2016/17, o atacante balançou as redes 29 vezes em 33 jogos com a camisa da Roma.

Mesmo com a vantagem da altura, Dzeko tem movimentação e precisão que podem dar trabalho aos espanhóis (Foto: Robbie Jay Barrat/Getty Images)

Enquanto os anfitriões tem o artilheiro da temporada passada, os colchoneros contam com Antonine Griezmann, o francês vive boa fase em sua seleção, e também é considerado um dos melhores atacantes do mundo, ao lado de Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Neymar, é uma das peças-chave para o ataque do Atlético e pode causar dores de cabeça para o goleiro Allisson.

Considerado um dos melhores atacantes do mundo, Griezmann é a arma do ataque colchonero (Foto: Getty Images Sport)

Desfalques

Recém contratado pela Roma, o atacante Patrik Schik, que viera da Sampdoria após quase acertar com a Juventus, sofreu uma lesão no quadríceps esquerdo. Embora tenha apresentado melhora, o atleta não marcará presença na partida de mais tarde. Outro desfalque importante, é do lateral brasileiro naturalizado italiano Emerson Palmieri e Luca Pellegrini que estão em fase de recuperação e também não enfrentam os espanhóis.

Para Diego Simeone a dor de cabeça não é das piores, o treinador conta apenas com o meia Augusto Fernández  que não viajou com a equipe para a capital italiana.