Atual bicampeão, Real Madrid recebe APOEL na estreia da UCL

Depois dos últimos dois empates equipe merengue quer mostrar serviço diante de sua torcida contra os cipriotas

Atual bicampeão, Real Madrid recebe APOEL na estreia da UCL
Foto: Dani Pozo/Getty Images
Real Madrid
APOEL
Real Madrid: Navas; Carvajal, Varane, Sergio Ramos, Marcelo; Casemiro, Modric, Kroos, Isco, Gareth Bale, Cristiano Ronaldo
APOEL: Waterman; Milanov, Rueda, Carlão, Lago; Vinicius, Morais, Ebecilio, Oar, Aloneftis; Igor de Carmargo
ÁRBITRO: Benoît Bastien (FRA)
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da Uefa Champions League, disputada entre Real Madrid e APOEL, no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid

Nesta quarta-feira (13) o Real Madrid inicia sua caminhada buscando defender o título da Uefa Champions League. O atual bi-campeão da competição recebe o APOEL no Estádio Santiago Bernabéu, às 15h45, querendo estrear com o pé direito.

Tentando se recuperar do empate com o Levante no último sábado (9) - o segundo consecutivo em seus domínios - a equipe merengue quer começar em uma nova competição conquistando um bom resultado para retomar o caminho das vitórias.

Já a equipe do Chipre iniciou muito bem o campeonato nacional, goleando o Nea Salamis fora de casa por 4 a 1 e encara o Madrid sem nada a perder, tentando surpreender.

Com Ronaldo de volta, Real quer manter o bom retrospecto

Por ter sido expulso na Supercopa da Espanha, Cristiano Ronaldo não jogou as três primeiras rodadas da La Liga e ainda tem mais um jogo pra cumprir suspensão. Mas na UCL o português está livre para jogar. Na última vez que enfrentou os cipriotas, marcou duas vezes.

Zinedine Zidane não tem grandes problemas para armar a equipe, somente Benzema, com uma lesão muscular, não está disponível. “Amanhã vocês [repórteres] verão como jogaremos, devemos ter algo novo na ausência de Benzema. Nunca se sabe”, comentou o treinador.

Equipe merengue se prepara para o confronto contra o APOEL | Foto: Divulgação/Uefa
Equipe merengue se prepara para o confronto contra o APOEL | Foto: Divulgação/Uefa

O francês também falou sobre os últimos resultados de seu time em jogos em que eram favoritos, mas não venceram: “Não estamos preocupados com os empates. Não estamos felizes com eles, mas isto é futebol. O que não podemos mudar é o nosso trabalho. Tentaremos melhorar e vencer”.

Vallejo, Marcos Llorente, Achraf e a grande estrela do momento, Marco Asensio, não foram selecionados para o jogo. Isco deve compor o meio-campo com Bale e Ronaldo formando a dupla de ataque.

Borja Mayoral, que estava emprestado ao Wolfsburg e retornou ao clube nesta janela de transferências, também pode ser surpresa no time titular. Varane, Casemiro e Modric devem voltar depois de serem poupados contra o Levante.

E o camisa 7 português, artilheiro da temporada passada da UCL, pode emendar a sexta edição consecutiva marcando na estreia. Desde 2012/13 o português vai às redes no primeiro jogo da competição continental.

Azarões em 2012 querendo repetir a proeza

De volta à fase de grupos da Champions depois de três temporadas, o APOEL quer voltar a surpreender como fez em 2012, sua melhor participação na competição.

Naquela temporada, o maior vencedor da liga cipriota se classificou em primeiro em um grupo que tinha Zenit, Porto e Shakhtar Donetsk. Nas oitavas de final eliminou o Lyon, marcando história ao chegar nas quartas de final, onde foi eliminado pelos madridistas, perdendo as duas partidas.

O brasileiro Igor de Camargo, atacante do APOEL, falou à imprensa e mostrou bastante confiança para o confronto, apesar de reconhecer que não será nada fácil: “Vai ser uma partida muito difícil. Começamos bem a temporada, o time está confiante, mas começar no Bernabéu não é fácil”.

APOEL faz o reconhecimento do gramado no Estádio Santiago Bernabéu | Foto: Divulgação/Uefa
APOEL faz o reconhecimento do gramado no Estádio Santiago Bernabéu | Foto: Divulgação/Uefa

O comandante do time, Giorgios Donis, acredita no potencial dos seus jogadores para conseguir um resultado melhor do que a já esperada derrota: “No futebol coisas podem acontecer. Estamos enfrentando excelentes jogadores e para conseguir algo precisamos lutar unidos, de forma coletiva”.

Zhivko Milanov, Facundo Bertoglio e George Efrem, lesionados, não estão à disposição de Donis, que revelou que “estará contente se terminar em terceiro e for para a Europa League”. “Somos realistas, têm dois times experientes no nosso grupo e eles são favoritos para ficarem no topo”, completou.

O Madrid venceu as duas partidas disputadas entre as equipes, 3 a 0 no Chipre e 5 a 2 na Espanha, ambas pela UCL 2011-12. Se conseguir ao menos um empate este time entrará para a história do clube.

O elenco chegou à Madrid nesta terça-feira (12), já fez o reconhecimento do gramado do Bernabéu e está pronta para a partida.