Com status de zebra, Jorge Wilstermann recebe River Plate pelas quartas da Libertadores

Equipe boliviana conta com retorno de zagueiro; Argentinos buscam minimizar efeitos da altitude para manter favoritismo nesta fase

Com status de zebra, Jorge Wilstermann recebe River Plate pelas quartas da Libertadores
Foto: Divulgação / C. A. River Plate
Jorge Wilstermann-BOL
River Plate-ARG
Jorge Wilstermann-BOL: Provavel escalação do Jorge Wilstermann: Olivares; Omar Morales, Alex Silva, Zenteno, Aponte; Saucedo, Cristhian Machado,Bergese, Rudy Cardoso; Serginho, Gilbert Álvarez Tec: Roberto Mosquera
River Plate-ARG: Provavél escalação do River Plate: Lux; Moreira, Maidana, Pinola, Casco; Fernández, Ponzio, Pérez (Rojas), Pity Martínez; Borré (Rojas) e Scocco. Tec: Marcelo Gallardo
ÁRBITRO: Sandro Meira Ricci, auxiliado por EMERSON DE CARVALHO e MARCELO VAN GASSE (trio Brasileiro)
INCIDENCIAS: Partida de ida da fase quartas de final da Copa Libertadores da América 2017, sendo disputada no estádio Félix Capriles, Bolívia

Em partida de ida válida pelas quartas de final da Taça Libertadores da América, a equipe boliviana do Jorge Wilstermann vai receber os argentinos do River Plate nesta quinta-feira (14), às 21h45, no estádio Félix Capriles.

Os donos da casa passaram da fase de grupos na segunda colocação no Grupo 5. Foram três vitórias e três derrotas. Na fase oitavas de final a equipe comandada por Roberto Mosquera eliminou o Atlético Mineiro após vencer a primeira partida em casa e segurar um empate sem gols no estádio Mineirão.

Do outro lado, o River Plate avançou da fase de grupos com 13 pontos na liderança do Grupo 3. O River venceu quatro partidas e empatou uma. A única derrota veio na última rodada da fase, quando em casa não conseguiu superar o Independente Medellín e perdeu por 2 a 1. Nas oitavas de final o River venceu o Guaraní-PAR por 2 a 0 fora de casa. No Monumental de Núñez a equipe segurou um empate em 1 a 1 a avançou para a fase seguinte.

Wilstermann acelera volta de Zenteno para partida de ida

O Jorge Wilstermann ganhou um importante reforço para o duelo com o River Plate pela Copa Libertadores. Trata-se de Zenteno, zagueiro e capitão do time boliviano. O camisa 22 havia sentido uma contratura muscular na perna esquerda no empate em 1 a 1 contra o Petrolero no último domingo (10). O jogador passou por exames e tratamentos de fisioterapia e está pronto para a partida mais importante do ano para o clube. Caso haja algum problema com o atleta, David Diaz deve entrar na partida.

Mesmo sabendo da dificuldade que terá pela frente, a equipe do Jorge Wilstermann está confiante que irá fazer uma boa partida. A equipe trabalhou forte durante a semana e definiu o estilo de jogo. A expectativa é de casa cheia.

“Vai ser um jogo muito bom para todos. Eu acho que é um encontroansiosamente aguardada por todos e uma oportunidade para avançar”, falou o brasileiro Alex Silva, zagueiro do time boliviano.

Provavel escalação do Jorge Wilstermann: Olivares; Omar Morales, Alex Silva, Zenteno, Aponte; Saucedo, Cristhian Machado,Bergese, Rudy Cardoso; Serginho, Gilbert Álvarez Tec: Roberto Mosquera

River Plate busca alternativas para posição de Alario

Após a venda do atacante Lucas Alario para o futebol alemão, o técnico Marcelo Gallardo ainda busca o substituto para a posição deixada pelo jogador. Para o jogo na altitude de Cochabamba o treinador do clube argentino deve contar com o jovem Rafael Barré, de 21 anos.

O River Plate já se encontra em solo Boliviano, porém o clube só vai para a cidade de Cochabamba horas antes da partida, para diminuir os efeitos da altitude. O River treinou na tarde desta quarta-feira (13) em Santa Cruz de La Sierra.

“Não vai ser um jogo tranquilo por tudo o que o Jorge Wilstermann conseguiu produzir até aqui, o que deixou sua torcida otimista. Vamos precisar de uma noite perfeita para voltarmos com a vitória. É importante levarmos a decisão para casa, onde nossas chances de vencer são maiores do que na ida”, declarou Marcelo Gallardo.

Provavél escalação do River Plate: Lux; Moreira, Maidana, Pinola, Casco; Fernández, Ponzio, Pérez (Rojas), Pity Martínez; Borré (Rojas) e Scocco. Tec: Marcelo Gallardo.