Embalado por goleada na Europa League, Milan mede forças com Udinese no San Siro

Comandados de Vincenzo Montella estrearam com o pé direito na UEL, mas receberam uma péssima notícia relacionada a lesão de Conti

Embalado por goleada na Europa League, Milan mede forças com Udinese no San Siro
No último encontro entre as equipes deu Udinese: 2 a 1, em Údine (Foto: Dino Panato/Getty Images)
Milan
Udinese
Milan: Donnarumma; Musacchio, Bonucci, Romagnoli; Calabria (Abate), Kessié, Biglia, Çalhanoglu, Ricardo Rodríguez; Suso; Kalinic (Cutrone/André Silva). Tecnico: Vincenzo Montella.
Udinese: Scuffet; Larsen, Danilo, Nuytinck, Samir; Behrami; De Paul, Barak, Jankto, Lasagna; Maxi López. Técnico: Luigi Delneri.
ÁRBITRO: Marco Guida (ITA).
INCIDENCIAS: Partida válida pela quarta rodada da Serie A 2017/18, a ser realizada no Estádio San Siro, em Milão, Itália.

Voltando as atenções novamente para a Serie A, o Milan encara a Udinese, às 10h deste domingo (17), no San Siro, em Milão, pela quarta rodada da competição. 

Dono de um início de temporada promissor, o Milan conheceu o seu primeiro tropeço na temporada na última rodada. Fora de casa, a equipe rossonera foi goleada pela Lazio por 4 a 1. Mas na última quinta-feira (14), foi a vez de "trocar a chave" e focar na Uefa Europa League. Na abertura da fase de grupos, o Diavolo venceu com propriedade o Austria Wien por 5 a 1, com destaques para André Silva e Calhanoglu

Mas nem tudo foram flores para o lado de Milão. Contratado na última janela de transferências, Andrea Conti desfalcará o clube por até seis meses. O lateral-direito sofreu uma lesão durante a Data Fifa, atuando pela Seleção Italiana. Luca Antonelli também é outro que segue entre as baixas na equipe de Vincenzo Montella

+ Vincenzo Montella revela alívio com goleada na estreia pela UEL: "O Milan precisava disso"

Sem muitas movimentação na última janela, a Udinese não começou bem sua temporada. Foram duas derrotas nas primeiras partidas da Serie A, contra adversários considerados abaixo ou do mesmo nível da equipe bianconera: Spal e Chievo Verona (última atuando no Friuli). Em contrapartida, o clube obteve seu primeiro triunfo no último final de semana, ao derrotar o Genoa.  

A Udinese terá uma sequência de três adversários considerados difíceis: Milan, Torino e Roma

Para aumentar a confiança da equipe de Údine, que irá em busca de sua segunda vitória consecutiva, o clube não sai de Milão sem pontuar há duas temporadas: em 2015/16, Milan e Udinese empataram em 1 a 1, e na época passada, os donos da casa derrotaram os milanistas pelo placar mínimo.

Para o duelo contra a Udinese, Montella fará a manutenção do esquema tático com três zagueiros. Em entrevista coletiva neste sábado (16), o treinador milanista explicou que a ausência de Alessio Romagnoli, que estava lesionado nos primeiros jogos da temporada, o impossibilitou de usar o sistema.

"A história de Bonucci mostra que ele é capaz de jogar em uma defesa de três ou quatro [jogadores]. Ele pode jogar de uma maneira ou de outra, tudo depende da equipe e dos companheiros de elenco. [Sobre a ausência de Romagnoli] É o único zagueiro canhoto, e isso me afetou. É importante ter um zagueiro canhoto em uma defesa a três; faz a diferença", afirmou.

O Milan deve entrar em campo neste domingo no 3-5-1-1 e com: Donnarumma; Musacchio, Bonucci, Romagnoli; Calabria (Abate), Kessié, Biglia, Çalhanoglu, Ricardo Rodríguez; Suso; Kalinic (Cutrone/André Silva).