África do Sul vence Burkina Faso com autoridade e continua sonhando com ida à Rússia

Os Bafana-Bafana venceram os líderes do grupo jogando Soccer City e ainda tem chances de embarcar para a Rússia

África do Sul vence Burkina Faso com autoridade e continua sonhando com ida à Rússia
Bafanas Bafanas venceram por 3 a 1 e ainda continuam com chance de classificação para o Mundial da Rússia (Foto: Phill Magakoe/Getty Images)
África do Sul
3 1
Burkina Faso
África do Sul: Khune; Daniels, Vilakazi (Manyama), Mkhize, Zungu; Zwane, Mokotjo, Jali (Kekana); Sandile Hlanti, Tau (Ndlovu)
Burkina Faso: Koffi; Yago, Kone, Malo, Nakoulma; Traoré, Ouattara (Diawara), Kabore, Traoré; Bayala (Bance), Toure (Aziz Ki)
Placar: Tau (RSA) 1’; Zwane (RSA) 33’; Vilakazi (RSA) 45+1’; Traoré (BFA) 87’.

Na manhã deste sábado, a África do Sul recebeu a seleção de Burkina Faso pela quinta rodada do Grupo D da terceira fase das Eliminatórias Africanas e conquistou sua primeira vitória. O time da casa venceu por 3 a 1, com gols de Tau, Zwane e Vilakazi, os visitantes descontaram com Traoré de falta. Com a vitória sul-africana, o time chegou aos 4 pontos, já Burkina mantém a liderança com 6 pontos, mas será ultrapassado por Cabo Verde ou Senegal que se enfrentam nessa rodada.

África do Sul não dá espaço e abre boa vantagem

O jogo foi marcado pelo domínio dos donos da casa que não deram espaço para os atuais líderes do grupo.  E o time da casa começou marcando logo no primeiro minuto em boa cabeçada de Tau, fazendo 1 a 0.

Aos 33 minutos, o time da casa fez o segundo gol com Zwane após boa troca de passes e ótimo chute, colocando os donos da casa com ótima vantagem na partida.

Antes do apito final, a África do Sul ainda marcou seu terceiro gol, Vilakazi recebeu ótimo passe de calcanhar de Tau e bateu na saída do goleiro visitante, fazendo 3 a 0 ainda no primeiro tempo.

Mesmo com um a mais, Burkina não consegue reagir

Depois do intervalo, a seleção da casa voltou atacando e criando as melhores chances. Com domínio total, o time acertou a trave e parou no goleiro Koffi, que fez ótimas defesas e evitou uma derrota ainda maior.

O jogo ganhou mais emoção aos 67 minutos, quando Zungu foi expulso depois de confusão no meio campo.

Com um jogador a mais, Burkina Faso foi para o ataque e deu espaço para os donos da casa jogarem no contra-ataque. E com jogada de velocidade, o time casa ficou mais perto do quarto gol.

Aos 87 minutos, em uma falta próxima da área, Traoré cobrou com perfeição, sem chance para Khune, descontando para os visitantes e fazendo 3 a 1.

Futebol Internacional