Senegal bate Cabo Verde e assume liderança do grupo D

Aproveitando o maior domínio do jogo, time visitante garantiu a vitória no segundo tempo e está mais próximo da Copa da Rússia

Senegal bate Cabo Verde e assume liderança do grupo D
Foto: Divulgação/Federação Senegalesa de Futebol
Cabo Verde
0 2
Senegal

Neste sábado (7), Cabo Verde recebeu o Senegal no Estádio Nacional, em Praia, e acabou derrotado por 2 a 0, gols de Sakho e Ndoye. Com a vitória, o time senegalês assumiu a liderança do grupo, com 8 pontos ganhos, já a seleção de Cabo Verde manteve os seis pontos e está na terceira posição, empatado em pontos com Burkina Faso, que é a vice-líder.

Cabo Verde aperta, mas Senegal se segura

Jogando em casa e com apoio da torcida, a seleção de Cabo Verde partiu para o ataque e quase chegou ao gol logo no início do jogo, com ótima troca de passes, o atacante Garry Rodrigues bateu para ótima defesa de Ndiaye.

Depois do susto, o time visitante manteve a maior posse de bola, mas via o time da casa apostar nos chutes longos, no vento à favor e na velocidade de seus atacantes contra a zaga mais lenta da seleção de Senegal.

Antes do fim do primeiro tempo, Senegal tentava chegar ao gol, mas pecava na hora de assustar o gol de Vozinha.

Senegal muda e consegue vitória no final

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro, o time da casa apostando no apoio das arquibancadas e na velocidade de seus atacantes. A diferença é que o vento agora era contra e jogava a “favor” dos visitantes.

Com as duas equipes buscando a vitória para ficarem mais próximas à Copa da Rússia, as chances de gol foram aparecendo. Primeiro foi a vez do goleiro Ndiaye errar na saída de bola, trombar com a trave. No escanteio, Cabo Verde quase abriu o placar.

Já pelo lado senegalês, a primeira boa chance apareceu depois que Niang teve boa chance e no rebote Balde pegou de voleio e viu o zagueiro Fernando Varela salvar em cima da linha.

Com os dois times cansados, o vento começou a ajudar o time visitante. Em ótima escapada de Wague, Niang bateu forte e no rebote Sakho fez o primeiro gol de Senegal, já aos 81 minutos de jogos.

Apostando pelo menos no empate, Cabo Verde partiu para o ataque e tentou chegar, mas esbarrava na boa atuação da dupla de zaga senegalesa. Já nos acréscimos, Babanco tentou tirar aliviar a pressão, a bola pegou no árbitro e sobrou para Ndoye, que de fora da área acertou um belo chute sem chances para Vozinha, fazendo 2 a 0 para Senegal.

Futebol Internacional