Maior artilheiro das Eliminatórias, Suárez celebra vaga: "Dia histórico para o Uruguai"

Ao lado da torcida, o jogador do Barcelona comemorou a classificação para a Copa do Mundo de 2018

Maior artilheiro das Eliminatórias, Suárez celebra vaga: "Dia histórico para o Uruguai"
(Foto: EFE/Raúl Martinez/Fútbol)

Luis Suarez, autor de dois gols na vitória contra a Bolívia por 4-2 nesta terça-feira (10), foi o primeiro dos jogadores uruguaios a deixar o vestiário. O jogador do Barcelona comemorou a classificação e lembrou o árduo caminho que a seleção celeste teve de enfrentar para enfim festejar a vaga para a Copa do Mundo da Rússia em 2018. 

"O importante é que deixamos uma boa imagem do começo ao fim. Começamos o caminho com rivais muito difíceis e conseguimos pontos importantes, foi o que nos marcou para arrancarmos. Hoje podemos desfrutar do momento, estamos em uma situação privilegiada", comemorou o artilheiro. 

O Uruguai confirmou a classificação em casa, no Estádio Centenário, em Montevideu. Para "Luisito", a presença da torcida fez o carimbo de passagem para a Rússia ser ainda mais especial. "É um dia histórico para o Uruguai. Sempre remando e sofrendo, mas a satisfação em poder se classificar jogando em casa com todos os torcedores é incrível. A torcida merece esse momento, pois apesar de tudo nos acompanha em todas as partidas e essa é a nossa motivação". 

O jogador do Barcelona relembrou o próprio ano de 2017, dito por ele como "muito complicado". O atleta ficou um mês afastado do Barcelona e da seleção por uma lesão no joelho, sofrida após a derrota do time catalão para o rival Real Madrid, em agosto.

"Passei por lesões, momentos complicados, trabalhei muito para chegar a essas partidas finais da seleção com a melhor condição possível", contou. 

Apesar da vitória do Uruguai, a noite não foi muito satisfatória para outras seleções sul-americanas. A última rodada das eliminatórias começarou apenas com o Brasil garantido. Ao longo dos jogos, a classificação foi alterada diversas vezes. A própria potência Argentina começou a noite na sexta posição, podendo nem ir para a repescagem, mas conseguiu a vitória diante do Equador e terminou em terceiro lugar, atrás do Uruguai. Para Suárez, essas situações mostram como as eliminatórias sul-americanas são complicadas para todas as equipes.

"Essa é uma demonstração de como são difíceis as Eliminatórias, é muito completa. A própria Argentina estava muito complicada, Colômbia também e isso mostra como é complicado competir na América do Sul", opinou. 

Apesar de ter passado por momentos complicados, a Argentina foi outra seleção que pode comemorar e muito a madrugada de quarta feira (11), principalmente o jogador Lionel Messi, companheiro de Suárez no ataque do Barcelona e autor dos 3 gols da seleção argentina.

"Estou alegre por ele porque vinham sofrendo, empatando partidas onde tiveram muitos méritos. Tenho uma amizade com o Messi e estava sendo duro vê-lo de fora", revelou o uruguaio. Suárez e Messi ainda se tornaram, nesta terça-feira (10), os maiores artilheiros das Eliminatórias da América do Sul com 21 gols cada. 

 

Futebol Internacional