Instável, Atlético de Madrid visa regularidade na temporada contra La Coruña

Galegos começaram mal a temporada e buscam reação diante do clube madrilenho que ainda não perdeu no Campeonato Espanhol, mas teve desempenho ruim em outubro

Instável, Atlético de Madrid visa regularidade na temporada contra La Coruña
Foto: Miguel Riopa|AFP|Getty Images
Deportivo La Coruña
Atlético de Madrid
Deportivo La Coruña: Pantilimon; Juanfran, Sidnei, Schär e Luisinho; Guilherme, Bakkali, Celso Borges, Valverde e Fede Cartabria; Lucas Pérez. Técnico: Cristóbal.
Atlético de Madrid: Oblak; Juanfran, Savic, Godín e Lucas Hernández; Gabi, Thomas Partey, Ángel Correa e Saúl Ñíguez; Griezmann e Gameiro. Técnico: Diego Simeone.
ÁRBITRO: Alfonso Javier Álvarez Izquierdo
INCIDENCIAS: Jogo a ser disputado no Estádio Riazor, na tarde deste sábado (4), pela 11ª rodada do Campeonato Espanhol 2017-18

O último mês de outubro deve ser esquecido para Deportivo de La Coruña e Atlético de Madrid. As equipes tiveram um desempenho abaixo do esperado, uma sequência ruim de resultados e buscam por momentos melhores. A reabilitação pode vir a partir deste sábado (4). Às 12h15, as equipes medem forças no Estádio Riazor, pela 11ª rodada do Campeonato Espanhol 2017-18.

Os galegos ocupam a 16ª posição, com 11 pontos somados, e busca deixar as últimas posições da tabela de classificação para trás. A equipe venceu na última rodada fora de casa e espera fazer as pazes com a torcida ao conseguir um triunfo como mandante. Por outro lado, os colchoneros estão na quarta colocação, com 20 pontos. Na Liga, empataram com o Villarreal em Madrid e voltou a perder pontos diante do iniciante Qarabag na fase de grupos da Uefa Champions League e se complicou no torneio continental. Por isso, embora esteja invicto nos dez jogos disputados em esfera nacional, o Atleti sofre críticas pelo desempenho abaixo da média.

Reabilitação

A vitória sobre o Las Palmas por 3 a 1 nas Ilhas Canárias foi bastante comemorada pelo Deportivo de La Coruña. O time trocou de técnico e biniciou muito bem seu trabalho à frente da equipe galega. Porém, a equipe quer somar mais três pontos diante de casa para confirmar o bom momento. Além da vitória em si, a missão é manter a boa fase e deixar as incômodas últimas posições para trás.

Foto: Divulgação|Deportivo de La Coruña
Foto: Divulgação|Deportivo de La Coruña

A boa notícia é que não há baixas em relação ao último confronto. Foram relacionados 18 atletas e não deve haver mudança na equipe. Permanecem ausentes o goleiro Rubén Martínez, o meio-campista Carles Gil e o atacante Adrián López, todos por lesão. No último treinamento antes do confronto, um trabalho duro que visou ações de estratégia para o jogo, com o objetivo de anular a força do oponente. Em entrevista coletiva após a atividade, Cristóbal destacou que o adversário é grande, mas acredita no potencial do elenco para conseguir três pontos como mandante.

“O Atlético de Madrid me preocupa muito porque isso é lógico, mas o que mais me preocupa e que a minha equipe saiba competir, jogar e fazer o que sabe fazer. Não é porque jogaremos contra o Atlético de Madrid que tenhamos que fazer coisas diferentes das que vínhamos trabalhando. Vamos respeitar o Atlético, mas não temer. O que iremos fazer é ser nós mesmos, tentar melhorar essa ideia, essa proposta que estamos trabalhando e a partir daí veremos o que ocorre. Se formos nós mesmos estaremos convencidos de que vamos criar muitas dificuldades a eles e que teremos nossas possibilidades de ganhar a partida”, destacou o técnico do Deportivo de La Coruña.

Calmaria

O Atlético de Madrid segue invicto no Campeonato Espanhol, mas o aproveitamento caiu drasticamente. Nas seis partidas disputadas durante o mês de outubro, apenas uma vitória e cinco empates. Com isso, o time se distanciou do Barcelona, líder da competição, e viu a briga pela quarta posição ficar ainda mais equilibrada, uma vez que times cresceram de produção no mesmo momento que os colchoneros apontaram queda.

Foto: Divulgação|Atlético de Madrid
Foto: Divulgação|Atlético de Madrid

Para conseguir ter melhores dias e tranquilizar o ambiente, o time vai pronto para conseguir a vitória e mudar o panorama atual. Porém, o técnico Diego Simeone não poderá contar com três jogadores de seu elenco que estão no departamento médico. O lateral-esquerdo brasileiro Filipe Luís, além dos meias Koke e Ferreira Carrasco, estão lesionados e ficam de fora. O comandante do Atleti destacou o que falta em seu ponto de vista para o clube melhorar e voltar à boa fase, além de comentar sobre o adversário desta tarde.

“Sobretudo falta manter a concentração em momentos determinados. Em alguns momentos de algumas partidas baixamos a concentração e não podemos baixá-la. Se há uma virtude em ser uma equipe, as individualidades são diferentes a partir do trabalho da equipe. Seguiremos trabalhando na mesma linha e em buscar alternativas com pessoas que pensem em equipe. Depois da troca de treinador, fizeram muito bem o jogo contra o Las Palmas. Tem bons jogadores, principalmente no ataque. É uma equipe com um bom jogo aéreo porque tem altura”, disse Simeone.