Basel faz dois tempos distintos, bate Manchester United e deixa definição para última rodada

Suíços se recuperam de primeiro tempo ruim, quebram 100% dos Red Devils e embolam classificação às oitavas de final no Grupo A

Basel faz dois tempos distintos, bate Manchester United e deixa definição para última rodada
Basel
1 0
Manchester United
Basel: Vaclik; Akanji, Suchý e Balanta; Serey Die (Fransson, min. 79) e Zuffi; Lang e Petretta; Steffen e Elyounoussy; Oberlin. Técnico: Raphael Wicky
Manchester United: Romero; Darmian, Smalling, Rojo e Blind; Fellaini e Herrera; Lingard (Rashford, min. 63), Pogba (Matic, min. 65) e Martial (Ibrahimovic, min. 73); Lukaku. Técnico: José Mourinho
Placar: 1-0, min. 89, Lang
ÁRBITRO: Daniele Orsato (ITA). Cartão amarelo: Darmian (min. 82)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 5ª rodada da Uefa Champions League 2017/18, disputada no St Jakob Park, na Basileia, na Suíça

Precisando vencer para seguir com chances de classificação às oitavas de final da Uefa Champions League, o Basel encarou o Manchester United pela 5ª rodada do Grupo A nesta quarta-feira (22). No St Jakob Park, na Basileia, os helvéticos se superaram na etapa final e levaram a melhor ao vencer por 1 a 0, com gol de Lang, quebrando os 100% dos britânicos.

Com a vitória em seus domínios, os rotblau chegam aos mesmos nove pontos do CSKA - que bateu o Benfica - e ficam na vice-liderança pelo confronto direto. Os Red Devils, porém, adiam a presença na próxima fase e estacionam no topo da chave, permanecendo com os mesmos 12 pontos ganhos.

Os times voltam a jogar, pela 6ª e última rodada da Champions, daqui a duas semanas no dia 5 de dezembro às 17h45 (de Brasília). Os suíços vão decidir vaga nas oitavas de final diante do já eliminado Benfica em Lisboa, no Estádio da Luz, enquanto que os ingleses encerram contra o CSKA, no Old Trafford, em Manchester.

United pressiona, mas Basel segura no zero

Apesar de buscarem resultados distintos, as equipes iniciaram o duelo com intensidade e indo ao ataque, mas não conseguiram concluir boas jogadas devido à forte marcação. Mesmo assim, a primeira chance saiu a favor do United, quando Pogba lançou para Lukaku que, em posição duvidosa, parou em defesa de Vaclik. Em seguida, Blind cruzou dentro da pequena área e Fellaini cabeceou, porém Akanji cortou em cima da linha.

Sem tanta criatividade, os times trocaram passes procurando espaços para levar perigo à meta adversária, entretanto não tiveram sucesso. O Manchester deteve maior posse de bola e tentou usar as laterais para abrir o placar, todavia a oportunidade veio em uma falta na entrada da área e Pogba bateu colocado sobre a barra.

Red Devils são amplamente superiores, mas não furam defesa do Basel ao intervalo (Foto: Divulgação/Uefa)
Red Devils são amplamente superiores, mas não furam defesa do Basel ao intervalo (Foto: Divulgação/Uefa)

Nem mesmo jogar fora de seus domínios intimidou os ingleses, já que foram amplamente superiores e ocuparam mais o setor ofensivo. Nos últimos minutos, três bons momentos foram criados pelos Red Devils e ambos sem sucesso. No primeiro, Martial levantou na área e a bola passou por todo mundo, explodindo na trave esquerda.

Pouco tempo depois, os visitantes ficaram ainda mais perto de sair do zero, no entanto fracassaram. Ander Herrera deu lançamento longo na direção de Martial, que disparou em velocidade e esbarrou no camisa 1. Em sequência, Rojo ficou com o rebote na intermediária após batida de escanteio e mandou uma bomba no travessão, mantendo o placar inalterado.

Basel pressiona na etapa final e sai vitorioso 

Voltando mais disposto, o Basel apostou no apoio da torcida como um ponto forte para atacar durante a segundo tempo. Antes do relógio ter chegado aos cinco minutos, Zuffi bateu falta na pequena área e a zaga afastou. Na sobra, Serey Die emendou um foguete da intermediária e a bola saiu sem perigo. 

Mesmo apresentando maior ímpeto, os suíços ficaram apenas na base da pressão e não conseguiram dar sustos à meta adversária, tal como durante a etapa inicial. Em boa jogada individual, Steffen recebeu uma assistência espetacular de Oberlin e arrematou cruzado perto da trave direita.

A persistência prosseguiu durante todo o segundo tempo e os rotblau se aproximaram ainda mais de tirar o zero do placar. Após uma saída errada da defesa do United, Steffen cruzou com perfeição e a bola caiu na cabeça de Lang, que ganhou para Fellaini no alto e testou na trave, assustando Romero.

Basel pressiona no segundo tempo e sai vitorioso diante do United
Basel pressiona no segundo tempo e sai vitorioso diante do United (Foto: Fabrice Coffrini/AFP/Getty Images)

Para recuperar o gás ofensivo, Mourinho sacou Martial, pouco criativo, abrindo espaço para a entrada de Ibrahimovic, que estava lesionado e voltou de lesão no último jogo. Ainda assim, os mandantes seguiram intensos e tiveram boa chance quando Die bateu de longe e o arqueiro evitou o gol.

Necessitando da vitória para recuperar sua vaga nas oitavas de final, o time helvético viu os minutos finais ficarem dramáticos e com poucos lances. Em um desses, Pedretta cruzou em direção à área, Oberlin não alcançou e Lang, de carrinho, completou no fundo do barbante para o delírio dos torcedores.